fbpx

Como encontrar os melhores profissionais em TI

Contratar profissionais em TI pode ser a solução para quem busca desenvolver um negócio digital. A presença de um desenvolvedor de softwares em sua equipe garante que suas ideias do mundo da tecnologia sejam desenvolvidas, buscando aumentar a visibilidade da sua empresa e seu tamanho. Entretanto, antes de tudo, é super importante contratar profissionais capacitados para as suas vagas e também saber como encontrar os melhores, para que o projeto tenha resultado e o investimento não seja em vão.

Por conta disso, decidimos por produzir um artigo que traz algumas dicas de como encontrar desenvolvedores de TI, o que faz esse profissional e também como avaliá-lo durante o processo de contratação. Confira a seguir! 

O que fazem os profissionais em TI?

Os profissionais em T.I. são os responsável por escrever uma série de funções e comandos que darão origem a um site, software ou aplicativo. Além disso, dentro das áreas de atuação, o desenvolvedor também tem conhecimento técnico o suficiente para criar e administrar bancos de dados, monitorar redes e também pode oferecer suporte técnico para manutenção de produtos previamente desenvolvidos.

O trabalho de um profissional da tecnologia da informação é bastante importante nos dias atuais. Em razão do rápido avanço da tecnologia de informação e da constante evolução do conhecimento tecnológico, principalmente com o surgimento de novas linguagens de programação todos os dias. Além disso, grande parte das empresas buscam uma solução digital para aumentar o faturamento e a visibilidade do seu negócio.

Além de saber escrever códigos, o profissional em TI precisa ser criativo, estar disposto a resolver problemas e curiosidade suficiente para ter dedicação em seus estudos. Outra característica fundamental na profissão é ter liderança e também noção de empreendedorismo. Isso é importante para atrair novos clientes, fechando um número maior de negócios, e para gerir uma possível equipe de desenvolvedores.

Por conta das inúmeras qualidades esperadas no perfil desse tipo de profissional, o desenvolvedor de sistemas é peça chave para uma empresa que deseja crescimento ágil e inovação, seguindo as tendências que forem surgindo ao longo dos anos.

Como encontrar um profissional em TI?

O primeiro passo para encontrar o profissional de TI ideal é ir em busca de indicações. Por se tratar de um nome sugerido por alguém de confiança, as chances de contratação deste desenvolvedor são maiores, além de que, é esperado um desempenho maior e um índice de turnover bem baixo.

Sendo a maneira mais segura de se contratar um desenvolvedor, o principal problema é que ela depende do seu círculo de networking. Caso ele seja pequeno, consequentemente, a quantidade de indicação será em menor quantidade.

Por conta disso, é interessante oferecer uma vaga atrativa para não depender apenas das indicações. Uma das formas de deixar o processo mais eficiente é comparando sua vaga a outras do mercado. Dessa maneira, você consegue ter uma ideia se está dentro da realidade do mercado e se pode oferecer algo a mais para o profissional, a fim de ter uma oferta de trabalho mais atrativa.

Sites como ProgramaThor, Linkedin, Hipsters.jobs e GlassDoor, são alguns exemplos de onde procurar por vagas similares. Além disso, ferramentas de comunidade são bons lugares para encontrar profissionais em TI. Essas comunidades são onde os desenvolvedores possuem contato diariamente com outros profissionais e realizam a troca de experiência. Diversas empresas contam com esse diferencial em softwares como Discord, Slack e Telegram.

É importante que você fique de olho em todas elas, pois assim você consegue observar profissionais debatendo, tirando e resolvendo dúvidas de outros programadores. Assim, você consegue descobrir talentos ainda não reconhecidos.

Uma desses exemplos é a ez.heroes, nossa comunidade voltada para o profissional que deseja crescer profissionalmente e ainda trocar experiência com diversos profissionais.

O LinkedIn pode ser uma saída

Caso não tenha tanto conhecimento com as plataformas citadas anteriormente, uma rede social que faz sucesso pelo modo como aborda o mercado profissional é o LinkedIn. Essa ferramenta caiu nas graças do mundo corporativo em razão de ser uma grande comunidade onde existam desenvolvedores de diferentes perfis e também para vagas distintas.

Use e abuse da rede social, já que o que não falta lá são profissionais de TI. Dessa forma, é fundamental que você faça uma pesquisa a fundo para encontrar os melhores profissionais de acordo com as suas necessidades. Uma maneira de buscar com mais eficiência é utilizando filtros de busca como localização e o nome da tecnologia que você precisa, logo, você terá uma grande quantidade de profissionais para conversar e realizar as primeiras etapas do processo seletivo.

Com o LinkedIn Recruiter, você tem acesso a todos os profissionais cadastrados no Linkedin – que é o maior banco de profissionais da área – e ainda consegue selecionar os profissionais que têm as características que você procura.

Isso economiza tempo no seu processo e aumenta a assertividade de fit técnico e cultural, melhorando a contratação como um todo.

Cuidados ao avaliar profissionais em TI

Após a busca primária pelos profissionais do seu interesse, precisamos tomar cuidado e avaliar bem o desenvolvedor antes de realizar a contratação. Um dos principais aspectos que precisam ser levados em conta é a parte técnica, por isso, realize testes técnicos para avaliar o nível técnico dos profissionais. Nesses testes, o desenvolvedor é submetido a um desafio que esteja relacionado com a tecnologia que a empresa precisa. A partir disso é possível avaliar o nível de conhecimento e descobrir se ele é, ou não, o desenvolvedor indicado para a vaga.

Outro processo fundamental é a realização de entrevistas. Isso é importante para se aproximar mais do futuro profissional e também para conhecer mais sobre quais são as soft skills presentes no dev e também se o fit cultural é adequado ao da empresa. Procure ser bem minucioso nas perguntas, dessa maneira, você consegue pegar inconsistência nos discursos das pessoas.

Uma das ferramentas bastante utilizadas pelos profissionais em TI – e que também pode servir para análise -, é o GitHub. O site a principal fonte de códigos abertos de um desenvolvedor, ou seja, lá as pessoas podem colocar seus projetos pessoais ou estudos para que outros desenvolvedores possam contribuir ou visualizar.

Dessa maneira, você consegue entender a experiência desse profissional e até avaliar a qualidade dos códigos desenvolvidos.

 

What is technical debt? Learn how to treat

What is technical debt? Technical debt is a concept in software development that represents the implicit cost of an implementation/ solution thought only in the now, instead of using a better quality approach that would take more time.

The technical debt can be compared to a financial debt, which, when you do not pay it, will pay interest over time, making it even more difficult to pay it.

In terms of software, the technical debt creates the difficulty of maintaining code, generating even more delays and changes in the final product.

How to fix all technical debt?

We can’t, that’s right! If you think that the solution to your problems is to end all the technical debt of your project, you are wrong. Technical debt is inevitable and, therefore, will always exist, and it is up to us to control it. For example, only with the passage of time, a technical debt is created because the code ends up aging.

If you or your team is struggling to not have technical debt, know that this is bad, and it is called Gold Plating.

Reasons for the emergence of a technical debt

  • Deadlines out of reality
  • Deficiency of technical knowledge
  • Inappropriate technology choice
  • Time passing (Yes! ?)
  • Deficiency of an iterative development methodology (without customer feedback and testing)

Types of technical debt

There are 4 types of technical debt, we can classify it as follows:

How to measure technical debt

Although the concept of technical debt is subjective, there are several ways to measure it, namely:

  • Code duplication
  • Test coverage
  • Build fragility
  • Commented lines of code
  • Cyclomatic complexity
  • Code cohesion

How to treat?

Here at ez.devs we use the Kanban methodology. That way, we always put a percentage of tasks for handling technical debt in the week, so we always have something deliverable and handled in the week (or fortnight).

If you work with SCRUM, you can leave some slack points, so that at the end of SPRINT the team can pull some items of technical debt correction.

In the latter case, you can create a SPRINT or a Release with only technical flow corrections. We don’t particularly like this, as there is no real value for the end customer, so it is always good to merge.

Technical debt x Startups

When we talk about startups we are always talking about testing hypotheses, in this way, many companies end up accepting – even too much – the technical debt in order to launch their products as soon as possible on the market. To talk about this, we need to divide startups into two stages:

Before product-market-fit

Right now, the main objective of the startup is to validate its business model, and yes, at this stage it is very important that we launch MVP as soon as possible. Here a little bit of technical debt is worthwhile, as long as it is in the “Conscious and intentional” quadrant, it is very important to decide what will be left aside so that in the near future it can be treated without too many problems. At this point, experts and developers can make a difference.

Escalating

In this phase it is important to avoid technical debt as much as possible, and even kill some debts from the previous phase. At that moment, problems of performance, usability, architectures will arise from past debts.

The maximum care here is little, because as stated earlier, the more debt we leave, the more difficult it is to maintain the project.

From there, we need to be more demanding in terms of the quality of our code, set standards, do even more tests, everything necessary to ensure a high level of quality.

Is that you? Do you have a code maintenance problem in your project? Can you negotiate people so that your team has time to deal with the technical debt of the project? Tell us here in the comments.