fbpx

Além do desenvolvimento: 3 hard skills e soft skills para sua Squad

Para conseguir bons resultados na execução de projetos de tecnologia, muitas empresas têm apostado em metodologias ágeis, inspiradas em grandes negócios como o Spotify e a NuBank, que utilizam o modelo de squad – uma das metodologias ágeis mais conhecidas no setor de tecnologia. 

Já abordamos em outros artigos aqui no blog da EZ, o quão interessante pode ser adotar os métodos ágeis para garantir a melhor performance dos talentos e, consequentemente, os melhores resultados. Mas, para conseguir colocar essas estratégias em prática é necessário conhecer muito bem sobre as necessidades da sua empresa e, assim, conseguir selecionar os profissionais mais capacitados para trabalhar no seu projeto. 

Pensando nisso, trouxe neste artigo algumas das skills necessárias aos talentos que você deseja recrutar para compor as suas Squads. Continue a leitura para saber mais!

A importância das skills para as Squads

Cada vez mais valorizadas pela grande maioria de Tech Recruiters, as habilidades e competências dos profissionais de tecnologia são pontos que não devem passar despercebidos na hora de montar a sua squad. Afinal, você precisa ter a certeza de que está contratando os talentos certos para o seu produto ou projeto. 

O intuito principal das empresas ao adotarem as metodologias ágeis para a execução dos projetos é trabalhar com a multidisciplinaridade. Neste caso, a ideia de agilidade caminha lado a lado com a autonomia das equipes e, para que isso aconteça, é necessário montar times que reúnem profissionais desde o financeiro à engenharia de software.

Isso porque, quando trabalhamos em conjunto com outros setores de um mesmo projeto e com a finalidade de alcançar um mesmo objetivo, conseguimos encurtar diversos processos que demandam tempo e podem atrasar os resultados que precisam ser alcançados rapidamente. De modo geral, esta é a principal característica das metodologias ágeis, em especial as Squads.

Mas, para conseguir cumprir com estes objetivos, as squads precisam ser formadas por pessoas que possuem algumas skills específicas, que vão desde conhecimentos técnicos à habilidades comportamentais. Grande parte dos talentos no mercado de trabalho de TI já têm noção de que tais competências são levadas em consideração e têm investido no aprimoramento destes conhecimentos para serem os profissionais ideais para compor as squads das empresas que desejam trabalhar. 

Agora, basta ao setor de recrutamento e seleção saber avaliá-las da melhor maneira e, para isso acontecer, precisamos começar do começo, não é mesmo? Então, aqui neste artigo vamos elencar algumas das skills que precisam ser avaliadas para montar os times ideais, garantindo organização, qualidade e entregas dentro do prazo. 

Hard Skills

As hard skills consistem nos conhecimentos técnicos que um talento tech possui,  que podem ser comprovados através de diplomas, certificados e até mesmo exames de proficiência. Estas skills vão desde cursos técnicos e uma graduação até cursos de idiomas, por exemplo, e possuem maior evidência dentro do mercado de trabalho.

Para confirmar que os candidatos que você está avaliando realmente possuem os conhecimentos que alegam ter, é necessário avaliá-los através de testes técnicos, que podem ser aplicados por um profissional da área ou por um Tech Recruiter que domine o assunto, afinal, será necessário validar estas habilidades. 

As hard skills são as principais responsáveis por garantir a produtividade e a qualidade dos no decorrer dos processos e nos resultados entregues. Algumas das hard skills essenciais em qualquer Squad estão listadas abaixo, e vão além dos conhecimentos técnicos específicos para cada membro de uma Squad.

Métodos Ágeis

Primeiro de tudo, é necessário que os profissionais saibam como trabalhar em uma empresa que preza pela cultura ágil, pois, quando não as conhecemos, fica muito mais difícil entender quais são os seus objetivos e o seu modus operandi. Um diferencial interessante de ser avaliado é se os candidatos conhecem outras metodologias ágeis além das Squads, como Scrum ou Kanban.

OKRs E KPIs

Candidatos que possuem conhecimento técnico na área de negócios e do setor empresarial como um todo também merecem uma atenção especial dos recrutadores. Uma das características que podem ser analisadas são os conceitos de OKRs e KPIs presentes em todas as empresas. 

Ter conhecimento sobre estas duas métricas é importante para que todos os membros de determinado time possam focar nos objetivos a serem alcançados e ajudar a traçar os caminhos certos para realizá-los, avaliando, por exemplo, quais estratégias estão dando certo e quais precisam ser melhoradas.

Inglês

No setor de tecnologia, dominar um idioma secundário, principalmente o Inglês é importante para se destacar no mercado de trabalho e se manter sempre atualizado. Isso porque muitas tecnologias são lançadas a todo o momento, com isso muitos softwares e ferramentas essenciais possuem versões somente em inglês. Esta não é uma skill obrigatória para os candidatos, mas pode ser um grande diferencial na hora de selecionar os talentos para a sua Squad.

Soft Skills

Diferentemente das hard skills, as soft skills são habilidades comportamentais que não podem ser mensuradas através de certificações. Muitas delas são características inerentes a cada profissional ou conquistadas ao longo dos anos, através das experiências profissionais. Cada vez mais, recrutadores têm dado grande importância para as soft skills em profissionais da tecnologia, e não deve ser diferente na hora de montar o seu time ágil.

Por mais que as hard skills sejam essenciais para o bom funcionamento dos processos, sem as habilidades comportamentais, todo o princípio das metodologias ágeis é perdido e os resultados ficam muito longe do esperado. Algumas das soft skills que todo o Squad precisa ter estão listadas abaixo.

Trabalho em equipe

Por se tratar de um time multidisciplinar e autogerenciável, é imprescindível que todos os talentos, de todas as áreas do conhecimento, saibam conviver e trabalhar em grupo. Nos Squads, a liderança costuma ser muito horizontalizada e, por isso, saber falar, ouvir e opinar no momento certo fará toda a diferença para a entrega de bons resultados.

Boa comunicação

Não há como falar de trabalho em grupo sem abordar a boa comunicação. Afinal, saber se expressar de uma forma efetiva e sem ruídos é a chave para o convívio em grupo dar certo. Caso contrário, quando não conseguimos ser claros e objetivos as mensagens não são passadas da maneira correta e isso pode afetar os processos produtivos da empresa como um todo.

Proatividade e empatia

Dentro de uma Squad, é essencial que os talentos sejam proativos e que tenham empatia. Pois, como os times são autogerenciáveis, a solução de problemas que podem vir a acontecer ao longo do projeto deve partir daqueles que estão trabalhando no mesmo. É preciso que eles não tenham medo de buscar novas alternativas e que também saibam entender a posição dos outros membros, pois isso tornará o trabalho muito mais agradável e eficiente.


Agora que você já sabe mais sobre metodologias ágeis, o que acha de conhecer nossos serviços e garantir as  melhores Squads para os seus projetos? Entre em contato com um de nossos consultores por aqui!