fbpx

5 tendências de TI para prestar atenção agora

Negócios

O mercado de tecnologia muda continuamente. As transformações do setor criam tendências de TI, auxiliam empresas a serem eficientes e tornam os processos mais inovadores. Para se manter competitivo, todo negócio deve atentar às novidades e tendências da área. Avaliar o que é lançado e se manter atualizado são cuidados cruciais, pois permitem identificar boas oportunidades.

Da mesma maneira, o acompanhamento das tendências de TI garante que a empresa esteja sempre preparada para fazer investimentos inteligentes. Assim, será possível evitar más escolhas e buscar por opções mais alinhadas às suas demandas de médio ou longo prazo.

Para ajudar você a escolher boas oportunidades, preparamos uma lista com as principais tendências de TI do mercado brasileiro. Confira abaixo!

1. Uso disseminado do Business Intelligence

O BI tem um papel de destaque para tornar empresas mais eficientes e dinâmicas. Essa estratégia permite que companhias empreguem ferramentas de análise de dados para identificar tendências e problemas com muito mais precisão. Dessa forma, é possível otimizar o ambiente de trabalho e gerar mais competitividade para o negócio.

O Business Intelligence tem se tornado uma tendência em todos os setores da economia. Suas aplicações auxiliam empresas a terem processos de tomada de decisão eficazes, além de mais habilidade para otimizar as rotinas corporativas e evitar gargalos. Isso garante ao gestor a capacidade de sempre manter a companhia preparada para lidar com os desafios de sua área.

2. Maiores investimentos em segurança digital

Nos últimos três anos, a segurança digital ganhou destaque no meio dos negócios. O Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR) e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) exigem que os negócios repensem suas relações com as informações de terceiros.

Tais regulamentações também tornam obrigatório o cuidado contínuo com dados digitais. Diante disso, o investimento em melhorias nas políticas de segurança online se tornou uma das maiores tendências de TI atuais.

As empresas precisam estar atentas para evitar riscos nas rotinas de desenvolvimento de softwares, no uso da tecnologia ou na análise de dados. Além disso, é crucial que o negócio alinhe seus processos às regras do setor, mantendo-se confiável e livre de multas.

3. Internet das Coisas como mecanismo de gestão

A Internet das Coisas está gerando uma revolução silenciosa no ambiente corporativo. A nova categoria de gadgets inteligentes permite às empresas ter ambientes mais conectados e automatizados. Por isso, ela se tornou uma das melhores tendências de TI para setores como o varejo, a gestão predial, as indústrias e a logística.

No ambiente de gestão predial, a IoT pode ser aplicada para automatizar processos de gestão de segurança, monitorar espaços ou gerenciar aparelhos de ar-condicionado e lâmpadas, por exemplo. Todas essas rotinas serão executadas com o apoio de sensores que identificam os hábitos dos frequentadores de um local e fazem todos os ajustes necessários para evitar erros.

No caso da indústria, a IoT é aplicada para otimizar a manutenção de equipamentos. A empresa terá mais dados que permitam avaliar quando é a melhor hora de trocar uma peça e prevenir prejuízos.

Powered by Rock Convert

Já no varejo, a IoT auxilia as lojas a avaliarem a melhor forma de montar layouts a partir do comportamento dos clientes. Na logística, área importante para muitos negócios, a Internet das Coisas fornece ao gestor uma visão completa sobre o fluxo operacional, evitando gargalos e desperdícios.

4. Blockchain como recurso para a gestão de dados

O blockchain surgiu como o livro razão do Bitcoin, mas hoje é uma das tendências de TI com maior potencial para auxiliar negócios a gerenciarem suas informações. Ele está sendo implementado para tornar a gestão de contratos mais transparente e dar segurança ao desenvolvimento de sistemas.

Além disso, tal tecnologia reduz riscos de segurança ao tornar a gestão de dados mais robusta e preparada para lidar com tentativas de fraude. Com o blockchain, a empresa terá uma ferramenta de gestão e compartilhamento de informações de elevado nível de segurança.

Dessa maneira, contratos digitais serão compartilhados e armazenados a partir de parâmetros elevados de controle, por exemplo. Isso evitará que a integração da tecnologia no dia a dia da empresa traga riscos e comprometa o sucesso do negócio a médio ou longo prazo.

5. Investimento em aplicativos personalizados

desenvolvimento de aplicativos personalizados tem sido adotado por muitos negócios que querem se tornar mais competitivos e eficientes. Se bem realizado, ele cria novos canais de vendas com consumidores, fortalece a marca e deixa o dia a dia das equipes mais eficiente. Esses benefícios podem ser obtidos a partir de duas abordagens:

  • criação de um aplicativo para uso interno, adaptado a todas as necessidades da empresa e às regras da sua área de atuação;
  • investimento em um aplicativo para relacionamento com consumidores, que abre um novo canal de comunicação, amplia dados para a criação de estratégias comerciais e melhora o suporte oferecido.

No primeiro caso, o negócio terá acesso a um sistema totalmente alinhado com suas demandas. Isso torna a integração com outros sistemas mais prática e amplia o retorno sobre o investimento.

Ao direcionar o aplicativo para o cliente, a empresa pode maximizar sua competitividade. Haverá um novo canal de vendas, que alimenta o negócio com dados para análise sobre o perfil de consumo do seu cliente e facilita o atendimento das demandas. Como consequência, as taxas de vendas vão crescer rapidamente.

A tecnologia tem ganhado um progressivo destaque no ambiente corporativo ao longo das últimas décadas. Sua integração aos processos empresariais permitiu que negócios ganhassem produtividade, reduzissem o número de erros e ficassem mais ágeis. Ao mesmo tempo, auxiliou empresas a se manterem integradas mesmo com rotinas de trabalho flexíveis.

Esse foi o papel de tecnologias como a computação na nuvem, os sistemas de gestão integrada e os smartphones. Graças a eles, as empresas puderam se transformar digitalmente e atingir melhores resultados.

Mas isso não significa que as empresas devam parar de tratar a tecnologia como algo estratégico. Pelo contrário: manter-se atento às principais tendências de TI permite encontrar boas oportunidades e, assim, manter fluxos contínuos de otimização e inovação.

Nosso post foi útil para você? Não se esqueça de que o teste do código-fonte é uma etapa crítica no processo de criação de aplicativos. Veja como os testes de software afetam a qualidade do seu sistema!

Sobre o Autor

mm

Gabriel Malinosqui

CEO da ez.devs.
Ama startups, empreendedorismo e tecnologia.

Entre com seus dados para a ligação.