Blitzscaling: Conheça a estratégia das gigantes do Vale do Silício

Negócios

Você sabia que o Uber teve um prejuízo de U$ 8.5 bilhões em 2019? Com esse prejuízo você deve imaginar que o valuation da empresa seja baixíssimo também, não é?

Muito pelo contrário, no momento em que escrevo esse artigo, o Uber tem o valor de mercado aproximado em U$ 40 bilhões. 

Lembrando que estamos no meio de uma baixa do mercado por conta do Coronavírus, antes da crise, a empresa tinha seu valor nas casas do U$ 80 bilhões.

Então qual o segredo? Como uma empresa que dá um prejuízo astronômico pode valer tanto assim? 

O segredo é que a Uber e outras empresa como Airbnb, Linkedin e Facebook utilizam de uma estratégia chamada Blitzscaling.

O que é Blitzscaling

O termo foi criado pelo fundador do Linkedin, Reid Hoffman em seu livro de mesmo nome

Origina-se da palavra Blitzkrieg, do exército alemão durante a segunda guerra mundial para atacar os adversários de surpresa utilizando de uma velocidade extremamente rápida.

Trazendo para os negócios, Blitzscaling é a técnica de escalar exponencialmente em um curto período de tempo, priorizando a velocidade ao invés da eficiência. 

Por isso, vemos tantas grandes empresas dando prejuízo e nem se preocupando com o fato. O que elas realmente querem é dominar o mercado, crescer tanto e tão rápido que nenhum outro concorrente possa alcançá-los. 

Pense no próprio Linkedin, hoje ele é a única rede social profissional do mundo, graças a estratégia aplicada pelos seus fundadores.

Como aplicar o Blitzscaling

Para entender como aplicar o Blitzscaling na sua empresa, primeiro você precisa entender em qual momento a sua empresa se encontra, pois em cada uma dessas etapas existe uma estratégia diferente.

Fases de uma empresa blitzscaling

Família

Enquanto sua empresa tem até 10 funcionários, ela pode ser considerada uma Família, neste momento a comunicação ainda é feita de maneira informal e com muito mais facilidade. 

Nesse estágio o seu foco tem de ser em construção de produto e validação de mercado, então dedique todos os seus esforços para isso.

Além disso, ainda não é hora de se preocupar com a escalabilidade, preocupe-se em validar de fato o seu PMF (Product Market Fit) e encontrar uma oportunidade não óbvia no mercado. 

Por isso aqui, é comum a utilização de um MVP Concierge, que são produtos “manuais” ou seja, que são desempenhados muitas vezes pelos próprios fundadores.

Tribo

Agora você tem mais alguns colaboradores e a comunicação ainda é tranquila.

Você ainda precisa continuar focado no desenvolvimento do produto, no entanto precisa pensar em como escalar o negócio.

Sendo assim você precisa entender ainda mais o PMF e pivotar o que for necessário. Se eu fosse definir melhor essa fase é a preparação para o lançamento do foguete.

Powered by Rock Convert

Na fase de tribo, tome muito cuidado com o CHURN, ele é um dos principais matadores de receitas de startups e escalar sem ter resolvido esse problema pode significar o fim do seu negócio.

Vila

Agora é hora de lançar o foguete, chegou o momento de escalar o seu negócio exponencialmente. 

Nesse momento você já começar a jogar o jogo de gigantes, você é grande o suficiente para ter concorrentes, por isso é muito importante se mover rapidamente.

Além disso você vai começar a ter problemas de comunicação com o seu time, afinal, você começa a ter mais de 100 pessoas para liderar.

Por isso é bom começar a ter mais diretores para ter uma camada de comunicação mais assertiva.

Cidade

Aqui o negócio é outro, você conta com até 10k de colaboradores para liderar, e é obvio que as ferramentas utilizadas agora não te servirão.

Acima eu te falei para não se preocupar com escala e automatização, aqui é justamente o contrário, você precisa criar mecanismos para que consiga visualizar tudo o que acontece na sua empresa.

Agora você tem uma relação muito mais complexa com o seu time e com certeza tem mais de um produto complementar ao seu negócio.

Você precisa se concentrar para que não perder a velocidade nesse momento, e esse vai ser o seu maior desafio.

Nação

O último estágio de uma empresa segundo o livro, é uma empresa que já está conquistando clientes a nível global.

Ou seja, começa a se preocupar com diferentes culturas, seja de colaboradores ou de clientes.

Se você ainda não tinha feito, chegou o momento de delegar, escolha executivos mais sêniors para conseguir manter a cultura e diálogo funcionando na empresa.

É natural empresas se perderem com medidas burocráticas nessa fase, você vai precisar de criatividade e de boas pessoas ao seu lado para manter a velocidade do seu time.

Quando adotar o blitzscaling?

O Blitzscaling é lindo então? Basta você adotar que vai crescer exponencialmente? Não.

Existem uma série de critérios a serem avaliados antes de decidir pela estratégia.

Além do que, ela é uma estratégia que apesar do “prêmio” ser excelente, vem atrelada de muito risco.

E como é um assunto muito delicado (e o post já tá bem grande), vou escrever sobre quando adotar o Blitzscaling, em uma segunda parte.

Espero que você tenha gostado do que viu até aqui e fica ligado que logo tem mais.