Certificações em TI que todo programador deve ter em 2022

Com tantas demandas no mercado de tecnologia por desenvolvedores das mais variadas áreas do conhecimento em programação e software, com diversos níveis de experiência, a busca incessante por estes talentos os torna, em grande parte do tempo, dominadores do mercado. São os profissionais que decidem as empresas onde querem atuar, em qual regime contratual e até mesmo as remunerações.

Diferente de outros mercados, o setor de tecnologia tem oferecido cada vez mais oportunidades atraentes para pessoas desenvolvedoras. Inclusive o Brasil, onde a taxa de desemprego encontra-se em constante elevação, é um dos países que possui um dos mercados mais promissores do mundo quando o assunto é TI.

Mas você, programador, já deve saber de tudo isso… O que muitos talentos não sabem é que ao mesmo tempo em que as oportunidades crescem, aumentam também o número de profissionais no mercado, que vem sendo dominado principalmente pela geração Z, fazendo com que a concorrência pelas oportunidades mais interessantes seja maior no decorrer de cada ano.

Agora, o novo desafio dos talentos de tecnologia do Brasil (em especial aqueles que buscam dar início a uma carreira internacional), é se destacar em meio aos demais e conquistar as melhores oportunidades. E então, no meio do caminho, surge uma grande dúvida: “como fazer isso da forma mais assertiva?”.

A resposta para esta pergunta e a virada de chave na sua carreira está nas certificações em TI. Ficou curioso para saber quais são estas certificações? Então continue a leitura deste conteúdo para saber todos os detalhes!

Certificações em TI, por que tão importantes?

No Brasil e em diversos países ao redor do mundo, a formação acadêmica dos profissionais de desenvolvimento de software não era o critério de seleção mais importante a ser analisado pelos recrutadores. 

No entanto, com o passar do tempo e com o grande volume de profissionais competentes no mercado, esta categoria tem se tornado um fator decisivo para que os talentos conquistem as oportunidades tão sonhadas e possam, até mesmo, negociar remunerações à altura dos seus conhecimentos e execuções em um projeto. 

Além disso, com o surgimento de ideias e projetos cada vez mais inovadores, contar com profissionais competentes, especialistas e com os conhecimentos atualizados é essencial para que os negócios rendam bons frutos em um futuro próximo.

Por isso, se você está buscando se destacar no mercado, buscar por certificações valorizadas internacionalmente será uma excelente escolha. Para te ajudar nesta missão de alavancar a sua carreira profissional, aqui estão as certificações que prometem ser mais valorizadas nos próximos anos.

Certificação Microsoft

As certificações da Microsoft estão entre as que possuem mais peso no mercado de tecnologia. Dentre os talentos que possuem estes títulos, uma parcela considerável são melhor remunerados e costumam atuar em cargos de lideranças de equipes de tecnologia. 

Atualmente, estas certificações receberam atualizações para que estejam de acordo com as últimas tendências em TI. Para quem deseja ser uma pessoa desenvolvedora com o reconhecimento Microsoft, é possível optar por diversos títulos, como Microsoft 365, Defender, Azure, Dynamics e Endpoint Manager, onde esta última também inclui certificações em Windows, Visual Studio, Office, Stream e SQL Server.

Além destas categorias, o talento ainda pode escolher em qual certificação investir através de áreas do conhecimento, que abrangem DevOps, Análise de Dados, Programação, Gestão de Riscos, entre outras. 

Amazon Web Services (AWS)

O cloud computing está cada vez mais presente entre as tendências em tecnologia e, por isso, ser um profissional certificado neste tipo de tecnologia será excelente para a sua carreira em 2022.

A Amazon Web Services, também conhecida como AWS é uma boa escolha para quem deseja, principalmente, trilhar uma carreira internacional de sucesso, já que a maioria dos softwares, de um tempo para cá, estão na nuvem. De acordo com a Gartner, empresa norte-americana de consultoria em tecnologia, apenas no ano de 2022, espera-se que os gastos com nuvem pública atinjam a casa dos 400 bilhões de dólares.

Com tanta valorização do cloud computing, muitos desenvolvedores estão investindo em se especializar neste ramo da tecnologia e quem se certifica pela Amazon garante um excelente reconhecimento no mercado.

Google Certified Professional Cloud Architect (GCPCA)

Ainda falando sobre empresas renomadas no setor de tecnologia, a Google também oferece diversas certificações, inclusive em cloud computing, abordada neste conteúdo. A certificação do Google em Cloud Architect, também conhecida pela sigla GCPCA, define o profissional que a possui como uma pessoa capaz de fornecer um melhor aproveitamento da tecnologia de nuvem nos projetos nos quais ela trabalha.

A GCPCA é uma das qualificações mais reconhecidas entre aqueles que estão envolvidos com o desenvolvimento web e avalia a utilização dos recursos do Google Cloud no planejamento e gerenciamento de arquiteturas de solução em nuvem em negócios de tecnologia.

Apesar de não exigir nenhum pré-requisito para os talentos que desejarem aplicar para esta certificação, o Google sugere que os profissionais tenham uma experiência mínima de três anos em cloud computing e um ano de experiência com a utilização do Google Cloud Platform em desenvolvimento de software. Por isso, para desenvolvedores que desejam ampliar seus conhecimentos e sair na frente no mercado de trabalho nacional e internacional, é uma excelente saída para 2022.

Este é o momento perfeito para guinar a sua carreira profissional, se destacar no mercado de tecnologia como pessoa desenvolvedora e conquistar oportunidades incríveis. E, por falar em oportunidades, que tal conferir a nossa página de talentos? É só clicar aqui.

Camila
Último artigo
Criando um fluxo de pagamentos com Stripe
Próximo artigo
Trabalhar em Startups: como é a atuar em empresas menores