fbpx

Como escrever tarefas para o time de desenvolvimento?

Agilidade
Escrevendo tarefas para o time de desenvolvimento

Qual a melhor forma de passar demandas para o time de desenvolvimento? Sempre que falamos de gerenciamento de projetos, caímos nesse impasse. Mas como podemos fazer isso de uma maneira efetiva?

Como já falei em outro post do blog, o Kanban é uma boa alternativa pra organizar o fluxo de desenvolvimento. Mas além disso, é importante também, criar tarefas bem descritas para a equipe.

Para isso, podemos utilizar alguma estrutura padrão ao montar nossos cards no board.

Claro que os rituais como Refinement, ou Planning são de extrema importância para compartilhar as demandas com o time de desenvolvimento.

No entanto, neste post vou falar apenas em como escrever os cards de atividades e os resultados que podem ser obtidos.

Motivação

Pra começar, é sempre bom definir qual a motivação daquela tarefa. A ideia é que ao ler esse tópico, o desenvolvedor entenda o porquê de estar realizando aquela atividade. E além disso, qual o objetivo dessa funcionalidade dentro do sistema, o motivo dela existir e precisar ser desenvolvida naquele momento.

Pode parecer desnecessário, ou que isso está sempre subentendido. Porém, ter essa descrição na tarefa pode trazer muitos benefícios, como por exemplo:

  • Sensação de pertencimento do desenvolvedor, pois ele percebe que pode ajudar a pensar na solução.
  • Empatia pelo usuário. Quando se entende o problema que será solucionado e como o recurso será utilizado, fica mais fácil ter essa visão.
  • Alternativas de soluções mais eficientes. Quando o desenvolvedor consegue enxergar o todo, ele pode sugerir alternativas menos custosas em tempo de desenvolvimento, e por isso pode solucionar o problema com menos recursos.
  • Facilidade no entendimento. Ao entender os motivos relacionados a atividade, a compreensão do todo fica mais clara.

Critérios de aceite

Essa é uma parte fundamental ao escrever as tarefas. Quando listamos os critérios de aceite, estamos definindo o escopo do que será entregue e o que deve ser considerado no desenvolvimento dessa atividade. Portanto, é vital definir muito bem todos os critérios de aceite.

Os critérios de aceite precisam ser claros e objetivos, e além disso devem garantir a qualidade da entrega. Afinal é a partir destes critérios, que iremos alinhar com o time as expectativas dos stakeholders envolvidos. Portanto, esse tópico certamente é o mais importante a ser considerado no momento de escrever nossas tarefas.

Além dos pontos citados acima, a definição bem feita dos critérios de aceite contribui para o foco naquilo que deve ser entregue. Ou seja, o time de desenvolvimento sabe exatamente o qual o resultado esperado e investe seu tempo apenas no necessário.

Membro do time de desenvolvimento realizando teste
Os critérios de aceite e casos de teste, auxiliam o time de desenvolvimento na validação das atividades.

Casos de teste

Um outro ponto importante a se considerar no momento de escrever as tarefas, são os casos de teste.

Além dos critérios de aceite, é muito importante criar casos de teste para garantir que a entrega está alinhada com a expectativa do cliente.

Quando você define como testar uma atividade, consequentemente contribui para que o desenvolvedor entenda melhor o que precisa fazer.

E acima de tudo, os casos de teste servem para validar a qualidade da entrega. Auxiliando o time de desenvolvimento a realizarem testes mais precisos que podem verificar funcionalidades específicas de suas atividades.

Uma boa ferramenta para auxiliar na escrita destes casos de teste é o Forrest.

Extra – Mockups!

Não é para toda demanda, mas mockups das telas são essenciais na maioria dos casos. Ter o desenho do resultado final da tela, pode ajudar e muito o time de desenvolvimento no momento de entender e desenvolver uma atividade.

Existem alguns casos, como demandas onde já existe um padrão de tela que isso não é necessário, mas devemos utilizar deste recurso sempre que possível.

Conclusão

Resumindo, quando vamos escrever tarefas para o time de desenvolvimento, devemos adicionar os detalhes que irão contribuir para a qualidade da entrega e que valem o esforço.

Ou seja, não devemos investir tempo demais adicionando informações que ninguém irá utilizar, ou que não ajudarão efetivamente a equipe.

Sabemos que não existe um modelo perfeito e nem um padrão único, que possa se adequar a todas as equipes ou projetos.

No entanto, com essa estrutura você pode ter bons resultados. E com o tempo pode evoluir isso da forma que for melhor para o seu time.

Caso esteja com dificuldades ao alinhar as expectativas ou garantir a qualidade das entregas. Ou até mesmo, se estiver tendo muito retrabalho com o seu projeto, experimente escrever as tarefas seguindo essa estrutura. Você pode ter bons resultados com o seu time de desenvolvimento!

Se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários.

Entre com seus dados para a ligação.