Como evitar o burnout na sua equipe de desenvolvimento

Gestão Negócios

Evitar o burnout na sua equipe de desenvolvimento é um fator essencial para que os projetos da empresa sejam feitos de forma efetiva. Isso porque, com a correria do dia a dia, algumas situações como estresse e excesso de trabalho nas sprints de desenvolvimento podem desencadear situações graves em que o profissional não conseguirá seguir com seu trabalho.

Por se tratar de um ponto super importante para o bem estar do seu time de tecnologia, algumas fatores internos podem desencadear sensações como não-pertencimento, quebra de expectativas e até mesmo uma competição interna entre os profissionais. Pensando na importância do assunto nas empresas, nós preparamos um artigo que detalha como o esgotamento mental pode afetar sua equipe de desenvolvimento. Confira a seguir.

Primeiramente, o que é burnout?

Traduzindo do inglês, “burn” quer dizer queima e “out” exterior. 

De acordo com o Ministério da Saúde, burnout é uma síndrome de esgotamento profissional que tem como sintomas a exaustão extrema, estresse e esgotamento físico resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade. 

A principal causa da doença é justamente o excesso de trabalho. Esta síndrome é comum em profissionais que atuam diariamente sob pressão e com responsabilidades constantes.

A Síndrome de Burnout também pode acontecer quando o profissional planeja ou é pautado para objetivos de trabalho muito difíceis, situações em que a pessoa possa achar, por algum motivo, não ter capacidades suficientes para os cumprir.

Essa síndrome pode resultar em estado de depressão profunda e por isso é essencial procurar apoio profissional no surgimento dos primeiros sintomas.

Powered by Rock Convert

Quais as causas?

Existem inúmeras causas para que o burnout aconteça já que cada pessoa pode ter sensações diferentes uma das outras. Uma das que mais ocorrem é sensação de que o trabalho, antes importante e fascinante, torna-se desagradável, insatisfatório e sem sentido no dia a dia. Aliado a esse período de crise no ambiente de trabalho acontecem também uma baixa nas emoções já que no início, existem sentimentos positivos de entusiasmo, dedicação, segurança e prazer. Com o esgotamento, eles desaparecem e são substituídos por raiva, ansiedade e depressão.

Questões que envolvem a energia, o envolvimento e a eficácia do profissional de TI também são alguns dos sinais de que o burnout está próximo de acontecer. Quando esse esgotamento começa, a sensação de pertencimento do profissional começa a desaparecer, transformando a sua energia em exaustão e afetando a produtividade e a eficiência no trabalho diário. Com isso, a frustração é iminente e pode se transformar em raiva. O profissional pode se sentir frustrado por não alcançar seus objetivos ou os objetivos da empresa.

Tendo essas reações adversas, é preciso estar preparado pois sua equipe pode começar conflitos internos onde alguns profissionais irão culpar outras pessoas por seus problemas. Nesse momento, sua liderança é importante para gerenciar desde crises pequenas até crises maiores. Além disso, a hostilidade entre os profissionais também pode estar presente. Isso acontece quando as pessoas sentem que seu trabalho não é valorizado, afetando, assim, sua autoestima e senso de competência. As pessoas começam a se sentir alienadas do local de trabalho e podem até mesmo tentar atos destrutivos em retaliação.

Outro fator que pode comprometer uma equipe de desenvolvimento é não apresentar recompensas para seu time. É muito difícil um profissional se motivar sem que haja um combustível para isso. Por isso, definir metas e programas internos para que o time seja recompensado pode ser bastante efetivo.

O medo e a ansiedade são duas outras emoções negativas que contribuem para esse tipo de esgotamento. Esses sentimentos são mais prováveis de acontecer ​​quando as pessoas perdem o controle sobre seu trabalho ou quando o ambiente de trabalho é incerto ou ameaçador. Além disso, a preocupação com seu futuro também pode desencadear essas sensações e se tornar uma distração durante a execução do projeto

Como evitar o burnout na sua equipe de desenvolvimento

O burnout dos profissionais no local de trabalho é um dos fatores que pode custar muito para as empresas de tecnologia. Por conta disso, é super importante saber como evitar. Uma das principais alternativas para amenizar esse tipo de problema é conhecer bem sua equipe. Dessa forma, você saberá quais são as expectativas de cada profissional, pode entender quais suas angústias e buscar uma saída para que o trabalho seja eficiente. Quanto melhor você conhece sua equipe, mais fácil é detectar mudanças de comportamento.

Além de se preocupar com sua equipe de desenvolvimento, é importante que todo líder técnico se preocupe com si mesmo, já seu time de tecnologia precisa de uma liderança em situações complicadas. Por isso, implemente apenas práticas de trabalho sustentáveis ​​para sua equipe, não assuma todos os encargos sozinho, delegue funções, comunique-se e, se não sentir que tem o apoio de seus colegas, considere trabalhar com uma consultoria que possa te ajudar a se orientar. Além disso, isso pode ajudar também a definir saídas mais ágeis para problemas de execução em projetos.

No mercado da tecnologia, a liderança muitas vezes pode ser uma função solitária já que você pode adquirir muito conhecimento e responsabilidades em excesso. Por isso, busque manter contato frequente com sua equipe para assuntos que não sejam relacionados ao trabalho. Essa atitude pode aproximar ainda mais os profissionais e alinhar expectativas para que todos trabalhem em equipe.