Contratação de desenvolvedores: tudo para não errar na escolha

Negócios

Poucos fatores são tão impactantes para o sucesso de um negócio quanto a captação de talentos. Buscar pelos melhores profissionais é um objetivo de todas empresas de sucesso e quando falamos em contratação de desenvolvedores não é diferente. Afinal, essa figura vem se tornando cada vez mais importante dentro dos negócios. Por isso, aqui você entenderá o que precisa pensar na hora de contratar esse especialista.

Entenda seu negócio

Antes de mais nada, é preciso levar em consideração alguns fatores internos. Qual é a estrutura da sua empresa? Quantos destes profissionais sua operação necessita? Como fazer a alocação? Responder todas essas perguntas e conhecer profundamente suas demandas é o primeiro passo para encontrar os desenvolvedores certos.

Tudo isso é importante para determinar como a procura de talentos vai ocorrer. Preencher ou criar uma vaga nova para um profissional de TI depende, antes de mais nada, da avaliação das suas necessidades. Por isso, reconheça o que sua empresa precisa. Depois disso, encontrar a pessoa certa para a vaga será muito mais fácil.

Se tratando de um mercado tão competitivo e com alta procura por profissionais, saber que tipo de desenvolvedor você está buscando pode facilitar todo o processo. Com um perfil em mente, compreendendo quais são as características a procurar, certamente você encontrará alguém a altura. Por isso, entenda a seguir o que considerar durante a busca por um desenvolvedor. 

Características do profissional

Formação teórica

Apesar de ser um fator cada vez menos decisivo, ele não deve ser ignorado. Um profissional formado por boas universidade não é garantia de excelência, é claro. Ainda assim, possuir uma graduação em uma instituição reconhecida é um fator de segurança. Afinal, isso significa que este profissional ao menos possui bom embasamento.

Experiência prática

Se uma formação superior é um indício de um bom profissional, seu currículo é a prova. Muito dificilmente uma pessoa que já atuou em boas empresas e possui vasta experiência será um mau colaborador. A atuação deste desenvolvedor no mercado não mostrará apenas seu know-how, mas também sua resiliência no ambiente de trabalho.

Reconhecimento

Por mais que a experiência profissional de um desenvolvedor seja um ponto chave para a sua contratação, é importante saber como ele é avaliado no mercado. Profissionais que sejam reconhecidos pela sua comunidade muito provavelmente serão uma boa escolha. Uma boa recomendação de colegas e lideranças é um grande indício de capacidade técnica e profissional.

Powered by Rock Convert

Especialização

Programadores são profissionais da área de tecnologia. Isso, naturalmente, já é uma especialização. Contudo, sua vida profissional ou instrução podem fazer com que ele tenha familiaridade com áreas específicas do mercado. Esse fator não deve ser único, mas pode ser um ponto levantado no momento de tomar a decisão.

Contratação de desenvolvedores

Depois de definir quais características devem ser avaliadas em um desenvolvedor, é o momento de começar a buscar. A demanda por esses profissionais é cada dia mais alta. Essa é uma consequência natural da utilização cada vez maior de recursos tecnológicos dentro das empresas.

Essa alta busca por desenvolvedores, em conjunto com uma quantidade baixa de profissionais torna o processo de contratação muito mais difícil. Por isso, é importante traçar boas estratégias de cooptação. No caso de um processo seletivo, por exemplo, é importante buscar meios para aumentar a adesão.

Além disso, é essencial estar sempre atento ao mercado e manter a mente aberta. A indicação de um bom desenvolvedor pode vir de dentro da sua própria empresa, por meio de um colaborador. Levar em conta as recomendações que surgirem é sempre importante.

Outsourcing

Uma ótima opção para preencher uma vaga de desenvolvedor é o outsourcing. Basicamente, esse serviço funciona como a terceirização dos serviços de programação. Esse negócio é especialmente interessante considerando que a empresa contratada já terá a expertise necessária para alocar um desenvolvedor.

O outsourcing ainda é uma alternativa para empresas que possuem demandas de desenvolvimento mas não possuem uma estrutura capaz de comportar os profissionais. Esse tipo de serviço descarta também a necessidade de processos seletivos, por exemplo.

Hora de contratar

Como você pôde ver, não faltam opções quando o assunto é contratação de desenvolvedores. Estar ligado nas melhores características e no mercado são a saída para fazer uma boa escolha. Esse profissional é cada vez mais valioso para uma empresa e, por isso, não há tempo a perder.