fbpx

Desenvolvedor Pleno: como chegar a sênior

No mercado de trabalho de desenvolvimento, são consideradas pessoas desenvolvedoras de nível pleno aquelas que possuem entre 2 e 5 anos de experiência profissional, aproximadamente. É esperado que o desenvolvedor pleno seja capaz de trabalhar em vários projetos ao mesmo tempo, de dominar as tecnologias mais usadas na empresa e de otimizar os códigos com o objetivos de torná-los mais eficientes e fáceis de serem compreendidos, dentre outras habilidades.

A experiência e o conhecimento técnico de tais profissionais permitem que a eles sejam atribuídas maiores responsabilidades, comparando às pessoas desenvolvedoras de nível júnior, já que eles têm maior influência nas tomadas de decisão de líderes. No entanto, embora sejam capazes de orientar juniores, a experiência do desenvolvedor pleno pode não ser suficiente para que atue na resolução de tarefas em vários níveis e de forma independente, o que faz com que também precise de mentores.

Tais mentores, por sua vez, podem ser pessoas desenvolvedoras sênior, que possuem maior experiência e independência na organização. Por possuírem cerca de 5 ou mais anos de carreira, esses profissionais são mais maduros profissionalmente, executam tarefas mais complexas e estão mais aptos a exercerem funções de liderança.

Então, se você se identifica como desenvolvedor pleno e tem o objetivo de tornar-se sênior, dê uma olhada nas dicas que trouxemos:

Busque conhecimento sempre Isso vale para qualquer pessoa desenvolvedora, na verdade. No caso do desenvolvedor pleno que quer se tornar sênior, é importante que se busquem conhecimentos sobre negócios em geral, liderança de equipes, gestão de projetos e afins, que vão além do conhecimento técnico. São tais conhecimentos que permitirão que você mentoreie tanto os desenvolvedores plenos quanto os juniores, gerencie e solucione os conflitos que venham a ocorrer entre membros de sua equipe, delegue tarefas e acompanhe entregas da melhor maneira possível, dentre outras habilidades desejáveis em uma pessoa desenvolvedora deste nível.

Conheça a fundo seu objeto de trabalho Uma das funções de pessoas desenvolvedoras sênior é encontrar soluções para problemas críticos. Para isso, é necessário que ela conheça o máximo possível das tecnologias utilizadas na empresa em que trabalha, tenha experiência com engenharia de software e também saiba com uma maior profundidade sobre o funcionamento de todos os aspectos do projeto. Dessa forma, além de resolver problemas mais facilmente, profissionais de nível sênior também se mostram capazes de reconhecer que partes de código podem ser otimizadas, que recursos tecnológicos podem ser utilizados de maneira mais eficiente, dentre outros aspectos que permitem que todo o software trabalhe com o desempenho mais efetivo possível.

Arrisque-se Afinal, de que adianta buscar mais conhecimento, novos métodos e novas tecnologias se você não tentar implementá-las em seus projetos? Ainda que tais escolhas devam ser feitas com responsabilidade, fazer um experimento desse tipo pode trazer benefícios para o desenvolvimento de seus projetos ou, na pior das hipóteses, o conhecimento de que aquela implementação não é a melhor para o caso. Se o experimento não causar grandes problemas ou prejuízos ao andamento do projeto, sempre trará resultados que enriquecem seu conhecimento profissional.

Aprenda como se fosse Junior Mesmo que você já tenha aprendido muito com sua carreira e com seus estudos, seja uma pessoa aberta a sugestões dos mais novos. Muitas vezes, a troca de ideias entre profissionais com diferentes tempos de experiência pode ser incrivelmente produtiva para as duas partes da conversa. E sempre que se deparar com algo novo quando estiver se informando ou estudando sobre tecnologia, busque aprender com o entusiasmo e o empenho que uma pessoa desenvolvedora júnior teria!

Incremente suas soft skills Tais habilidades, muito importantes para qualquer pessoa desenvolvedora, que envolvem conhecimentos não técnicos, são ainda mais importantes caso você queira se tornar sênior. Boas habilidades de comunicação, gestão de tempo, organização, flexibilidade, resiliência, dentre outras tantas, são de uma importância enorme para quem tem como objetivo a ocupação de um cargo de liderança. Portanto, ainda que você se considere uma pessoa que possui essas habilidades, procure que outros pontos você pode desenvolver para se tornar uma pessoa desenvolvedora completa.

Confira os salários oferecidos pela EZ para pessoas desenvolvedoras

Com essas dicas, fica claro que o tempo de atuação no mercado de trabalho não é o único critério para que um desenvolvedor pleno chegue ao posto de sênior, certo? Então, busque evoluir constantemente seus conhecimentos e habilidades, sejam elas técnicas ou não, para estar cada vez mais preparado para as oportunidades de passar ao próximo nível!

Públicações relacionadas

Alinhando oportunidades de trabalho aos seus objetivos de carreira em tecnologia
construindo um plano para sua carreira em tecnologia

O mercado de tecnologia sempre foi considerado um ramo em ascensão, tendo em vista as inúmeras inovações e a sua Ler o artigo completo

Como usar o algoritmo do Linkedin para ser encontrado na rede?
Algoritmo do linkedin: como ser encontrado?

Conheça como o algoritmo do LinkedIn funciona e como podemos nos favorecer dele para conquistar as melhores oportunidades.

Burnout em desenvolvedores: o que fazer para evitar
burnout no trabalho - pessoa com as mãos na cabeça sentado a frente do computador

Nosso time de Customer Success conta como é possível driblar o estresse excessivo no dia a dia e evitar o Ler o artigo completo

Salário para desenvolvedores em 2021
Salário para atuar como desenvolvedor em 2021

Confira neste artigo quais são os salários que um desenvolvedor pode receber em 2021.

Veja todos os nossos artigos