Employee Experience: o que é e como pode ajudar no seu processo de recrutamento

Negócios

Com o ritmo acelerado do mercado, o cenário de contratação das empresas tem se modificado constantemente, o que nos incita a estar sempre atentos às tendências que possam nos trazer bons resultados em diferentes áreas da organização. Melhorar a experiência dos clientes da empresa sempre foi uma prioridade e ao mesmo tempo um desafio. Com a demanda de contratação de profissionais qualificados e que se encaixem na cultura das empresas, surgiu o que é chamado de Employee Experience.

O que é Employee Experience?

Traduzido do inglês, “experiência do colaborador”, a prática é um conjunto de ações para que seja criada uma experiência de trabalho positiva para os colaboradores desde seu primeiro contato com a empresa até o momento do desligamento. Essas ações englobam várias áreas, desde o processo seletivo, passos da contratação, integração do funcionário, treinamento, vida na empresa, até quando ocorre o ato do desligamento, sempre visando que os processos resultem em experiências positivas que se transformem em engajamento e bons resultados.

Como implementar?

O primeiro passo é sem dúvidas conhecer a opinião de seus colaboradores sobre o clima e ambiente de trabalho. A melhor forma de mensurar o nível de satisfação dos colaboradores sobre diversos aspectos é com uma pesquisa de clima, que vai lhe fornecer dados estatísticos e com melhor visibilidade sobre o assunto em forma quantitativa e qualitativa. 

Após a análise dos dados, é importante que sejam elencadas ações e prioridades para que elas sejam implementadas, lembrando que o Employee Experience visa desde a implementação de um processo de recrutamento e seleção humanizado a oferecer um ambiente de crescimento e inovação, onde haja abertura para que os funcionários possam dar sugestões de melhoria para a empresa e tenham a sensação de serem parte integrante e importante da organização. Além disso, a cultura do feedback, junto de ferramentas que auxiliem o colaborador em seu desenvolvimento, tem sido muito bem avaliadas pelos candidatos.

Powered by Rock Convert

Como isso ajuda a recrutar e a reter talentos?

Pensando no primeiro setor a ser inserido o conceito – a contratação -, o Employee Experience tem como resultado a atração de pessoas que se identificam com a cultura da empresa e que se interessam em trabalhar nela não somente pela oportunidade de uma vaga. Além disso, a contratação de profissionais que tenham fit cultural com a empresa é mais assertiva pois, um colaborador que se sente bem no ambiente de trabalho é responsável por um maior rendimento e diminui drasticamente a dificuldade na adaptação da pessoa a esse novo ambiente.

A retenção de talentos é uma consequência chave, já que o mercado está cada vez mais competitivo e bons profissionais estão cada dia mais disputados pelas empresas. Oferecer um ambiente que integre às pessoas e as mostre que além de resultados, também quer ajudar os colaboradores a se aperfeiçoar, é um fator importante e que os profissionais têm valorizado cada vez mais.

Além disso, devemos pensar que criar programas e oferecer recursos para que nossos colaboradores se atualizem e se aperfeiçoem nos gera vantagem competitiva e lucro, uma vez que profissionais bem preparados já dentro da empresa poderão assumir novas funções, auxiliar no processo de implantação de novas tecnologias que possam agilizar processos, aumento de produtividade, entre outros benefícios que um profissional adaptado a cultura e ritmo da empresa pode trazer.

Outro ponto importante é devemos ressaltar que transformar sua empresa em um bom local de trabalho, com uma cultura acolhedora e inspiradora, faz com que seus funcionários sejam mais engajados e produtivos e a experiência de trabalhar na empresa seja única, por trazer benefícios além do salário.

O fortalecimento do Employee Branding está atrelado à isso, uma vez que seus funcionários também funcionam como um porta voz importante sobre o clima na empresa: um profissional insatisfeito, além de contaminar outros membros da sua equipe, acaba por reclamar disso para seus colegas e conhecidos, que podem levar essa informação adiante e acabar por deixar a empresa com uma imagem negativa, e o mesmo ocorre com um funcionário feliz no trabalho.