Saiba como evitar desistências no recrutamento tech

Profissionais que lidam com estratégias de recrutamento tech, provavelmente já enfrentaram algumas situações nos processos seletivos onde tiveram que lidar com o baixo engajamento dos candidatos, e até mesmo desistências, ao longo das etapas de avaliação.

A redução no volume de talentos ao longo do funil de recrutamento e seleção é um movimento que pode indicar algumas falhas nos processos seletivos da sua empresa, que estão provocando a desmotivação dos candidatos a continuar realizando as etapas de seleção para entrar para os seus times.

Não prezar por um bom engajamento dos profissionais no processo seletivo leva toda a sua estratégia de employer branding por água abaixo, assim como faz com que você deixe de escalar um time tech com os talentos mais adequados para o seu negócio. 

Por isso, entender onde estão os erros nas suas estratégias de recrutamento é essencial para conseguir manter os profissionais motivados a continuar nos processos seletivos, proporcionar uma experiência agradável aos candidatos e, consequentemente, contratar e reter os melhores talentos de tecnologia para a sua empresa.

Logo a seguir, você poderá identificar onde seu time está errando e conferir algumas dicas de como manter o engajamento dos candidatos à vagas de tecnologia nos processos de recrutamento da sua empresa!

Descreva a vaga corretamente

Grande parte das vagas direcionadas aos talentos de TI não são descritas da forma correta. A falta ou excesso de informações é um fator determinante para atrair e reter os candidatos em um processo seletivo.

Para explicar melhor este tópico, faremos a seguinte analogia: você, enquanto recrutador ou recrutadora, contrataria uma pessoa sem ter noção alguma das experiências deste profissional? E como você analisa aqueles currículos com várias informações desnecessárias a respeito dos candidatos? O mesmo acontece com talentos de tecnologia, que já possuem uma rotina extremamente corrida e ainda recebem e analisam diversas propostas de trabalho por dia. 

Dessa forma, encontramos um grande problema quando as vagas não são descritas de forma completa e, ao mesmo tempo, direta. É neste momento de divulgação de oportunidades em que o seu time de recrutamento tech precisa mostrar os principais pontos da cultura e fazer com que os talentos se identifiquem com a oportunidade. 

Para isso, invista na transparência e na objetividade, investindo em alguns pontos importantes como as características marcantes e que diferenciam a sua empresa, descreva bem e de forma resumida, todos os pré-requisitos, as reais responsabilidades e como será o dia a dia daquele talento no time; além disso, nunca se esqueça de apresentar a remuneração e os benefícios fornecidos pela empresa. 

Diversas oportunidades incríveis são dispensadas por profissionais, ao longo do processo seletivo, justamente por não revelarem as informações mais importantes para os talentos logo no primeiro contato.

Elimine etapas desnecessárias 

Com o mercado de tecnologia extremamente competitivo, não há como desperdiçar todos os esforços em encontrar os melhores talentos realizando processos seletivos extremamente longos e com etapas desnecessárias para a avaliação dos candidatos. É possível analisar os perfis profissionais de maneira assertiva e ao mesmo tempo sucinta. 

Candidatos que passam por processos seletivos com diversas fases e testes, acabam se desmotivando ao longo desta jornada e, com o baixo engajamento, desistem da oportunidade Realizar diversas entrevistas é algo extremamente exaustivo, principalmente para quem já enfrenta uma jornada de trabalho durante o dia e ainda precisa.

Repense os testes técnicos 

Dentre as fases dos processos seletivos de tecnologia, os testes técnicos são um dos momentos em que as desistências são mais frequentes. Avaliações com um alto nível de complexidade, onde os candidatos precisam dedicar várias horas do dia para realizá-las, provocam baixas no engajamento dos talentos, ainda mais quando se trata de profissionais com níveis mais altos de senioridade.

Uma das dicas mais importantes deste conteúdo é: fique atento aos testes técnicos dos seus processos de recrutamento tech. Se eles não estiverem cumprindo com o seu papel, que é avaliar as habilidades técnicas essenciais na rotina do talento na empresa, é melhor reformulá-los, ou até mesmo, eliminar essa etapa.

Para saber mais sobre o quanto os testes técnicos impactam no recrutamento da sua empresa e a opinião de pessoas desenvolvedoras sobre o tema, recomendo a leitura deste conteúdo:

Testes técnicos: será que são mesmo necessários?

Preze pela experiência do candidato

Realizar o exercício de se colocar no lugar daqueles que participam dos processos seletivos da sua empresa, faz toda a diferença na hora de garantir o engajamento dos candidatos. Isso porque, mais do que realizar diversas contratações, é importante mostrar que você se preocupa com cada um dos talentos, mesmo que seja necessário reprovar alguém no meio do caminho. 

Nenhum profissional, seja do setor de tecnologia ou não, está disposto a passar por experiências ruins enquanto busca por oportunidades. Uma prova disso está nos dados recolhidos pela Careerbuilder, portal de vagas norte-americano, que apontam que mais de 20% dos candidatos que passaram por uma situação ruim em processos seletivos de determinadas empresas, não as indicam às pessoas próximas e ainda realizam uma má propaganda da corporação. 

No entanto, o contrário também acontece: profissionais que têm uma boa experiência em um processo seletivo, geralmente indicarão a empresa para pessoas dos seus círculos sociais. Afinal, uma das principais ideias do employer branding consiste em manter aceso, dentro do candidato, o desejo de pertencer à sua empresa no presente e no futuro.

Esteja presente

Uma das melhores estratégias para manter o seu employer branding sempre positivo, é oferecer apoio aos candidatos ao longo de todo o processo seletivo. Realizar feedbacks, por exemplo, é uma das formas de mostrar ao talento que você, seu time e a empresa estão realmente preocupados com cada um que passa pelas suas mãos. Mas isso não é tudo.

Além dos feedbacks ao término de cada etapa do processo, é preciso manter contato com os talentos e atualizá-los sobre o andamento da seleção. Mesmo que não haja nenhuma notícia nova a respeito, estabeleça uma comunicação através de e-mails, mensagens no WhatsApp ou algum outro canal utilizado pelo seu time de recrutamento.

Você já aprendeu bastante sobre como engajar os candidatos e evitar desistências no seu recrutamento tech, mas ainda tem dificuldade para escalar o seu time de tecnologia de maneira ágil? Nós podemos ajudar. Através do nosso ecossistema, você encontra os talentos mais alinhados com sua empresa e necessidade em até 72 horas. Clique aqui e faça parte das empresas que compõem o nosso ecossistema!

Camila
Último artigo
Tech Recruiter: o que analisar no recrutamento de desenvolvedores
Próximo artigo
Processo de criação de componentes no Front-end