Desenvolvedor remoto: guia para atuar no mercado internacional

Com o mercado de tecnologia em expansão, grandes oportunidades surgem para os talentos que atuam nesta área, principalmente no setor de programação. Como desenvolvedor remoto, o profissional da tecnologia tem a possibilidade de trabalhar de qualquer lugar no mundo, ultrapassar as fronteiras e tornar o sonho de trabalhar em uma empresa internacional ainda mais próximo de se realizar. 

Empresas internacionais já viam o trabalho remoto com bons olhos antes da pandemia, mas com a chegada do vírus e as obrigações de isolamento social, grande parte do mundo precisou também adotar estas medidas. Agora que o trabalho presencial começa a ter menos adeptos, principalmente no setor de tecnologia, muitos profissionais (de diversas áreas) estão interessados em expandir a sua atuação e, é claro, serem remunerados em moedas mais valorizadas do que o Real.

Em outros conteúdos do nosso blog, já abordamos o quanto negócios estrangeiros estão investindo na contratação de profissionais de outros países para conseguirem cumprir com a alta demanda de mão-de-obra qualificada em tecnologia. Desenvolvedores brasileiros são um dos focos das empresas gringas e este pode ser o momento certo para investir em uma carreira internacional. Mas é preciso saber exatamente por onde começar para conseguir sair na frente na hora de conquistar a atenção dos recrutadores de outros países. 

Confira nossos outros conteúdos sobre carreira internacional:

E se você tem interesse em uma experiência internacional no currículo, fique atento neste conteúdo. Aqui vamos te fornecer um guia sobre como você pode trabalhar como um desenvolvedor remoto em uma empresa estrangeira.

Continue a leitura para saber mais! 

Networking do início ao fim

O primeiro passo para dar início a uma carreira internacional como desenvolvedor remoto é pesquisar muito a respeito do assunto. E não há nada melhor do que conversar com quem já teve esta experiência e pode sanar todas as suas dúvidas (ou pelo menos a maioria delas). Por isso, antes de aplicar para a primeira vaga internacional que aparecer na sua frente, busque se conectar com outros desenvolvedores e estabelecer, assim, um bom Networking. 

Mas não é só neste momento antes de buscar por oportunidades que a rede de profissionais é importante. Ao longo da sua vivência internacional você enfrentará desafios dos quais precisará do apoio de pessoas experientes para te orientar em como prosseguir. Lidar com outras culturas, idiomas, pessoas e rotinas é algo desafiador, mas que fica mais leve quando você compartilha as experiências com os demais. 

Além disso, conforme o seu progresso como um desenvolvedor remoto internacional, você pode contribuir para o crescimento de novos profissionais que ingressarão neste mercado, oferecendo o mesmo apoio que recebeu quando tomou a decisão de trabalhar em uma empresa internacional.

O networking é um vínculo muito enriquecedor para qualquer profissional, seja de tecnologia ou não e não deve ser deixado de lado. 

Conheça as vagas e as empresas estrangeiras antes do processo

Antes de aplicar para uma vaga internacional, é muito importante ficar atento a alguns pontos sobre a oportunidade pela qual você se interessou e analisar se ela se encaixa no seu perfil profissional, quais serão as suas responsabilidades, os pré-requisitos, entre outras competências que indicam se você tem fit ou não com a oportunidade. 

Falar isso pode parecer óbvio, mas o que muitos profissionais não sabem é que muitas empresas estrangeiras utilizam as mesmas empresas e os mesmos times de recrutamento para avaliar e contratar candidatos de outros países. Por este motivo, não adianta sair atirando para todos os lados. 

Os talentos precisam analisar se possuem um nível de idioma que garante uma boa comunicação, se possuem o conhecimento técnico exigido pela vaga, se as atividades do dia a dia se enquadram nas suas perspectivas de carreira, entre outros quesitos que já abordamos nos outros artigos da EZ sobre carreira internacional. 

Além da vaga, as pessoas desenvolvedoras que sonham em trabalhar em empresas de fora do Brasil precisam avaliar minuciosamente as empresas que oferecem esta oportunidade, assim como avaliam os negócios brasileiros. Afinal, não é porque uma empresa é gringa que ela não tem uma cultura tóxica, ou que você se identificará com o ambiente de trabalho. 

Já houve casos de empresas em que as propostas de remuneração para desenvolvedores brasileiros tinham valores mais baixos do que o salário de profissionais do país de origem da empresa e, por mais que o real esteja desvalorizado, não vale a pena fazer parte de um lugar onde a remuneração não faz jus ao seu desafio técnico. 

O melhor conselho neste caso é: não faça escolhas precipitadas, aja com cautela e não aceite menos apenas por ser um brasileiro na empresa. O que está em jogo é a sua carreira profissional e é este profissionalismo que deve ser avaliado pelos recrutadores. Existem empresas incríveis lá fora onde você encontrará a oportunidade perfeita para desenvolver a sua carreira, basta ser paciente e buscar as melhores oportunidades.

Seja um desenvolvedor remoto em um ecossistema

Como dito no tópico anterior, a busca pela oportunidade ideal para a sua carreira não é algo simples. O processo requer dedicação, persistência e tempo e, com a correria do dia a dia, nem sempre um desenvolvedor terá várias horas disponíveis na agenda para se candidatar a inúmeros processos seletivos, testes técnicos, entrevistas e tudo aquilo que você já conhece. 

Por isso, uma das melhores formas de se tornar um desenvolvedor remoto no exterior é através de empresas especializadas em conectar talentos de tecnologia a empresas, inclusive as internacionais. Neste modelo, você será avaliado pela empresa responsável pela alocação e passa a fazer parte de um ecossistema que une você, talento, às oportunidades mais alinhadas com o seu perfil profissional.

Aqui na EZ.devs, por exemplo, funciona assim. Somos um marketplace de tecnologia que permite aos talentos experienciar desafios técnicos realmente alinhados com as suas carreiras. Com um único processo seletivo, você pode escolher as oportunidades mais adequadas ao seu plano de carreira sem perder mais tempo com diversas entrevistas.

Curtiu nosso modelo? Então não perca tempo. Cadastre-se agora na nossa plataforma e dê o start na sua carreira internacional com a EZ.devs!

Compartilhar:

Camila
Último artigo
Metaverso e o futuro do trabalho remoto
Próximo artigo
Todo tech recruiter deve ter estas cartas na manga em 2022