Integre seu time à cultura ágil

Agilidade

Integrar equipes à uma cultura ágil vem se tornando cada vez mais comuns principalmente em empresas que estão em rápido crescimento. Isso porque, com times mais enxutos e ainda com poucos recursos, pode parecer complicado escalar seu produto. É aí que entram os métodos ágeis. Com essas metodologias, você pode aumentar a produtividade do seu time de uma maneira que todos entreguem os resultados no tempo proposto e sem atrasos, validando a importância de se manter a cultura ágil dentro da empresa

Além disso, essa cultura traz um novo modelo de gestão para sua startup, modificando responsabilidades de colaboradores e minimizando hierarquias que podem ser problemáticas em alguns casos. Buscando te ajudar nesse momento de incerteza, nós produzimos um artigo que detalha melhor esse tipo de cultura, quais suas características e como aplicá-la com assertividade. Confira nas linhas a seguir.

O que uma cultura ágil?

Como citado anteriormente, aderir à cultura ágil significa uma mudança total na cultura da sua empresa, já que agora todos os processos serão otimizados em busca de uma maior eficiência. Com isso, o trabalho em equipe aumenta e permite que os colaboradores cobrem uns aos outros na busca por um bom resultado. Essa cultura começou a sem implantadas nas empresas em 2001 com o surgimento do Manifesto Ágil.

Esse manifesto trouxe uma série de apontamentos e ferramentas que permitiram executar funções com mais agilidade dentro do desenvolvimento de projetos. A base dessa metodologia é o valor que o produto proporcionará ao cliente e a relação de todas as pessoas que estão envolvidas no projeto (clientes, desenvolvedores, …).

Os projetos que são geridos através da metodologia ágil são desenvolvidos por meio de entregas incrementais, isso significa que em cada entrega feita ao cliente, é desenvolvida uma ou mais funcionalidades do software e não o software todo de uma vez. Com isso, os trabalhos são divididos em etapas, que após finalizadas são enviadas para o cliente, e a partir do seu feedback, pode-se melhorar o que foi feito e o que será realizado.

Um dos principais benefícios está voltado ao método de trabalho, que se torna muito mais eficaz e fácil de ser realizado pois é feito por funcionalidade do software. Essa metodologia apresenta diversas vantagens dentro da área da tecnologia da informação.

Algumas que podemos citar são relacionadas à melhora na comunicação, a definição mais assertiva do objetivo final e a satisfação do cliente, visto que quaisquer erros, alterações ou melhorias que forem necessárias ao longo do projeto serão realizadas durante o processo, fazendo com que o cliente não se frustre no final do mesmo.

As metodologias

Dentro do Manifesto Ágil existem algumas metodologias que são amplamente utilizadas nas empresas, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Todas elas visam melhorar aspectos presentes no dia a dia do desenvolvimento de projetos como a colaboração, a simplicidade do produto, a adaptabilidade dos profissionais, a comunicação com a presença de feedbacks constantes e também conseguir manter um alto nível mesmo com equipes pequenas.

As metodologias mais comuns em uma cultura ágil são o Lean, o Kanban e o Scrum. Sendo a última a mais utilizada, o Scrum é caracterizado por organizar projetos divididos em pequenos ciclos de desenvolvimento conhecidos como sprints. 

No início de cada sprint, o líder de produto faz um planejamento priorizando as tarefas e estabelece detalhes sobre as execuções para sua equipe. Durante o andamento da etapa, reuniões chamadas de daily scrum são realizadas com o objetivo de compartilhar o que foi realizado no dia anterior, quais os problemas enfrentados pelo colaborador e o que será feito a seguir.

Como aplicar um método ágil?

Não existe uma fórmula certa de como se deve aplicar um método ágil. Entretanto, existem algumas atitudes que podem ajudar e facilitar essa implementação. A primeira dica é saber reconhecer as conquistas do seu time. A grande razão disso é que com o reconhecimento diário sobre as funções executadas, o profissional se sente muito mais motivado em continuar fazendo seu trabalho de forma mais eficiente.

Outra atitude que pode ser tomada buscando a agilidade na produção é evitar reuniões que poderiam ser dispensadas. Dessa forma, sua equipe de desenvolvimento pode focar muito mais no andamento do projeto do que demandar um tempo extra em reuniões desnecessárias. Além disso, saber ouvir e observar seu time de tecnologia pode aumentar a agilidade da equipe como um todo. Como em grande parte das empresas, a comunicação é fundamental para o sucesso a curto e longo prazo.

O objetivo é construir confiança para que você possa manter a equipe produtiva, interessada e engajada na criação do melhor software possível, por isso saiba ouvir os pontos negativos e positivos que os profissionais podem passar como feedback crítico. Além disso, alguns desenvolvedores podem reprimir essas insatisfações sendo necessário que você saiba observar quando isso aconteça.

Quais os principais desafios de implementar a cultura ágil?

Antes da implementação da cultura ágil na sua startup, alguns desafios precisam ser vencidos para que esse próximo passo seja um sucesso. A principal delas é conseguir diminuir ou acabar com a questão do atraso de entrega das features. Para isso, é preciso investir um tempo para organizar o cronograma de projetos da empresa a fim de que tudo seja produzido no tempo solicitado pelo cliente.

Além disso, se a sua empresa não consegue identificar em qual ponto está cada tarefa, é preciso rever isso antes da implementação dessa nova cultura. É super importante aprender sobre como realizar análises objetivas dos trabalhos antes de realizar testes ou enviá-los aos clientes. Com a nova cultura, ter essa visão é importante para que o gestor possa acompanhar se os processos estão sendo feitos nos prazos estabelecidos e para saber o que falta para a conclusão das tarefas.