fbpx

O que é framework e quais seus principais tipos? Veja aqui!

Desenvolvimento

O trabalho com desenvolvimento de software requer o conhecimento de diversas ferramentas, capazes de otimizar essa atuação e aprimorar o resultado dos seus projetos. Você sabe o que é framework e para que serve essa solução?

Trata-se de um modelo de funções diversas que pode ser usado por desenvolvedores para incluí-las em seu projeto. É uma ferramenta que possibilita a economia de bastante tempo de desenvolvimento.

Continue lendo este artigo para entender como um framework pode beneficiar os seus projetos, quais seus principais tipos e cuidados a serem tomados. Confira!

Os principais tipos de frameworks

Apresentaremos a seguir os frameworks de maior destaque e suas características. Veja!

Laravel

Atualmente, esse é um dos frameworks PHP mais usados no mercado, principalmente por ser muito robusto e versátil. Com foco em velocidade e elegância, o Laravel se adapta a grandes times e também a trabalhos solo a partir da sincronia de banco de dados agnóstica.

Caso surjam dúvidas, você pode acompanhar os Laracasts, que são as centenas de tutoriais em vídeos criados pela própria empresa.

Ruby on rails

Um velho conhecido de muitos desenvolvedores, o Ruby on rails é um framework formulado a partir da linguagem Ruby, que oferece ótimas condições de programação e testes em bancos de dados para aplicações web.

Traz funções de segurança embutidas e um kit de complementos que podem ser incorporados ao seu produto final para estender suas funcionalidades.

Powered by Rock Convert

MeteorJS

Também chamado apenas de Meteor, esse framework traz excelentes condições para desenvolvimento em paralelo de aplicações mobile e web. Sua prototipação é veloz e desenvolvida para ser multiplataforma (arquitetura web, Android e iOS).

Por trazer um código altamente eficiente, contribui para uma menor incidência de bugs, sendo também considerado um recurso fundamental para e-commerces.

React

Diferentemente das outras opções da lista, o React é uma biblioteca, e não um framework. Ele é utilizado para a construção de interfaces de usuário com foco em elementos reutilizáveis para apresentar dados que se atualizam ao longo do tempo.

Entender por que o React não é um framework ajuda a definir esse conceito. Essencialmente, um framework resolve problemas estruturais e de arquitetura a nível de código, algo que o React faz.

Os cuidados a serem tomados ao usar frameworks

Por mais que os frameworks tragam inúmeras vantagens para o dia a dia de desenvolvimento de software, é preciso tomar alguns cuidados ao utilizar esses recursos. Afinal, empregados sem a estratégia correta podem prejudicar seu projeto.

Conheça a seguir alguns pontos fundamentais que devem ser definidos antes de começar a trabalhar com frameworks:

  • a documentação do uso do framework;
  • as necessidades que o framework é capaz de suprir;
  • o cronograma de implementação das funcionalidades do framework;
  • o responsável pela auditoria do código desenvolvido;
  • os responsáveis pela correção de bugs da implementação;
  • o nível de complexidade do framework em relação às necessidades do seu projeto.

Agora que você já sabe o que é framework, conhece as principais opções disponíveis no segmento e os cuidados a serem tomados, está na hora de começar a planejar as suas ações. Leve em conta as informações deste artigo para tomar as decisões certas durante as etapas de desenvolvimento do seu projeto e aproveite as vantagens desse recurso para contar com mais qualidade e produtividade.

Quer ajuda para conduzir tudo isso? Então, entre em contato conosco para que possamos conversar!

Entre com seus dados para a ligação.