Ser mais que um currículo? Destaque-se na carreira de desenvolvimento

Confira algumas práticas essenciais para você se destacar no mercado de tecnologia como uma pessoa desenvolvedora.

práticas para se destacar na carreira de desenvolvimento

Conteúdo atualizado em 16/05/2022.

É  preciso ser mais do que um currículo bonito para conseguir se destacar no mercado de trabalho. Isso acontece em todas as áreas profissionais e não seria diferente com a carreira de desenvolvimento. Profissionais da tecnologia vem sendo cada vez mais requisitados por empresas que perceberam que a inovação é a chave para transformar negócios. E não há como falar de inovação sem pensar em tecnologia, não é mesmo?

Mesmo com as demandas por mão de obra qualificada muito maiores do que a disponibilidade de talentos, as empresas não se contentam com o básico. Já foi o tempo em que bons profissionais chamavam a atenção dos recrutadores somente por uma formação técnica de qualidade. Hoje em dia, ter um currículo que faz brilhar os olhos dos recrutadores é apenas uma das várias características que um talento qualificado deve ter.

As empresas procuram por adaptabilidade, multidisciplinaridade, entre outros itens que abordaremos neste artigo.

São muitos os desafios encontrados por talentos de TI para se tornarem bons profissionais. Pensando em você e na sua carreira como programador, trouxemos algumas práticas essenciais para que, assim, você possa se destacar ainda mais no mercado de trabalho. Continue a leitura para conferi-las!

Boas práticas no desenvolvimento de software

Em todas as profissões existem práticas que são determinantes para definir os talentos  que mais se destacam quando estão se candidatando para uma vaga, por exemplo.  Na carreira de desenvolvimento de softwares, elas estão relacionadas à aquisição de conhecimentos e habilidades multidisciplinares.

Dominar as linguagens de programação é essencial a qualquer programador, seja ele júnior ou sênior. Por isso, garanta que os seus estudos sobre estas técnicas estão em constante atualização e que eles não se limitam apenas à sua área de atuação.

Se você é um programador front-end, procure estudar também sobre conceitos e linguagens utilizadas por desenvolvedores back-end. O contrário também deve acontecer, pois mesmo que você não atue na área, ao saber mais sobre frameworks front-end, por exemplo, mostra que você é um profissional completo e que tem um bom domínio da sua área de conhecimento.

Mas, não se limite a estes conhecimentos básicos de programação. Para se destacar no mercado de trabalho em TI, é essencial expandir os seus horizontes de conhecimentos para além das linguagens de programação.

A Língua Inglesa é muito utilizada na área de tecnologia. Diariamente, surgem notícias internacionais a respeito de inovações na área. Sem contar que muitos recursos, softwares e frameworks, por exemplo, não possuem traduções para o português e para saber como utilizá-los, você deve saber Inglês.

Além disso, ter a habilidade de se comunicar fluentemente em outro idioma que não o materno (no nosso caso, o Português) é uma peça fundamental para diversos setores do mercado de trabalho. Muitas empresas nem consideram mais esta skill como um diferencial e sim como um pré-requisito básico.

Mas seus estudos não param por aqui. Ao entrar em uma empresa, você estará lidando, mesmo que indiretamente, com modelos de negócios e comunicação empresarial. Por isso, estudar sobre esta área e saber exatamente como você pode contribuir para o crescimento da organização onde está é algo que faz os olhos dos recrutadores brilharem.

Invista em certificações

Eu disse que os estudos não paravam por ali. Outra maneira de se destacar na carreira de programador é investindo em certificações, principalmente se você é um profissional com um nível de experiência pleno ou sênior.

Apesar de abordarmos aqui que apenas o conhecimento técnico não é o suficiente para receber propostas irrecusáveis, não é por isso que você deixará ele de lado, não é mesmo? O fato é que, com o surgimento de projetos inovadores, a necessidade de se ter especialistas no time aumenta e é aí que os talentos podem encontrar uma excelente chance.

Para isso, existem diversas certificações supervalorizadas por empresas, inclusive internacionais, como as certificações Microsoft, ideais para quem deseja ocupar cargos mais altos dentro do time; a Amazon Web Services e a Google Certified Professional Cloud Architect (GCPCA), relacionadas à Cloud Computing e diversas outras com os mais variados objetivos.

Se você se interessou pelo assunto e deseja saber mais detalhes sobre as certificações em TI, recomendo que assista ao vídeo abaixo, pois nele, fazemos uma abordagem completa sobre o assunto.

Compartilhar seus conhecimentos

Não adianta ser um programador excelente se o mercado de trabalho não te conhece. Afinal, o que não é visto, não é desejado. Se as empresas não te conhecem, como sabem que estão perdendo um grande talento com potencial para fazer parte do seu time?

Saber construir e consolidar estratégias para o seu marketing pessoal é essencial para que as empresas conheçam que tipo de profissional você é. Além de entender com o que trabalha, em quais projetos colaborou ao longo da sua carreira em desenvolvimento, cursos que fez, entre muitas outras skills que passam despercebidas a partir do momento em que você se esconde atrás do computador, focado apenas em codar, codar e codar.

Dê uma pausa na programação e pense em como você pode divulgar seus trabalhos. Existem infinitas maneiras de fazer isso e elas podem ser mais simples do que imaginamos.

Algumas dessas alternativas são: divulgar no LinkedIn os cursos, eventos e workshops que você participa, bem como seus certificados; mostrar, nesta mesma rede social e também no GitHub, em quais projetos você tem trabalhado ultimamente e no que eles têm acrescentado na sua carreira; além de investir em um perfil apresentável, com uma boa foto, por exemplo.

Você também pode produzir conteúdos para as redes sociais, como o YouTube, ou até mesmo escrever para um blog, seja ele criado por você mesmo ou por terceiros. Se escrever é uma habilidade que você curte exercitar, pode fazer isso aqui no nosso blog, por exemplo!

O importante aqui, não é a forma como isso será feito, e sim mostrar que você é um profissional empenhado também em auxiliar outros talentos da comunidade de tecnologia. Não guarde conhecimento apenas para si próprio, compartilhe-o e colabore com a evolução de seus companheiros de profissão, principalmente se você já se encontra em uma boa posição no mercado e não busca uma recolocação. Pode ter certeza de que os recrutadores enxergam isso com excelentes olhos.

Contribuir com projetos

Ainda sobre marcar presença para se destacar na sua carreira como pessoa desenvolvedora e, de quebra, contribuir para a comunidade tech, uma das maneiras mais efetivas para fazer isso está, novamente, relacionada ao GitHub: contribuir com projetos open source.

Projetos que se tratam de softwares de código aberto são uma boa forma de treinar suas habilidades. E também conseguir mais visibilidade, pois ao trabalhar com projetos open sources, você fará muito networking, algo essencial para sua carreira de desenvolvimento.

No GitHub, você pode colaborar na documentação de softwares, por exemplo, já que esta é uma área pouco explorada pelos talentos e que tem alta demanda. Ir além da programação propriamente dita e investir em outras formas de colaboração, trará maior visibilidade para o seu perfil profissional.

Para entender melhor sobre o porquê e como contribuir com projetos de código aberto para impulsionar a sua carreira, assista a este vídeo:

Uma carreira de destaque!

Neste artigo, pudemos perceber o quanto é importante ampliar os conhecimentos técnicos e estar um passo à frente dos demais para crescer profissionalmente e conquistar a tão almejada vaga na empresa dos sonhos. Com estas dicas, você com certeza elevará seu nível profissional!

E agora que já sabe como dar um gás nos seus conhecimentos e na sua jornada profissional, confira em nosso site como funciona nosso ecossistema e as oportunidades para sua carreira de desenvolvimento!

Compartilhar:

Camila
Último artigo
Marketplace de talentos de tecnologia: o que você precisa saber
Próximo artigo
Principais desafios para escalar seu time de tecnologia