fbpx

Você precisa estruturar seu time de tecnologia ou começar seu produto digital mas não tem a ideia de quanto custa um programador?

Não se preocupe, essa é uma das maiores dúvidas de todos que estão nessa posição.

Hoje vou te explicar quais custos estão atrelados a contratação de um desenvolvedor e uma média de salário em algumas regiões do Brasil.

Lembrando que esse artigo é voltado para quem está querendo contratar um desenvolvedor, se você é freelancer fica ligado que em breve vamos falar sobre isso aqui no blog.

Custos envolvidos na contratação de um profissional

Salários e benefícios

Começando pelo mais óbvio, salário é um dos principais custos envolvidos na contratação de qualquer profissional.

A grande questão aqui é que esse custo varia muito de acordo com a região, tipo e nível do desenvolvedor.

LOCALIZAÇÃO JUNIOR PLENO SÊNIOR
São Paulo e Região R$ 3.500,00 R$ 6.000,00 R$ 8.500,00
Rio de Janeiro R$ 3.000,00 R$ 5.500,00 R$ 8.000,00
Salvador R$ 2.000,00 R$ 3.000,00 R$ 4.700,00
Florianópolis R$ 2.800,00 R$ 3.800,00 R$ 5.300,00
Curitiba R$ 2.500,00 R$ 4.500,00 R$ 6.000,00
Campinas R$ 3.000,00 R$ 5.700,00 R$ 8.500,00

Lembrando que nessa tabela estamos apenas considerando salário, além disso, você precisa contar com os benefícios, como vale alimentação ou refeição, vale transporte, 13º salário, férias entre outros.

Impostos

Além do salário, se estivermos falando de uma contratação CLT, existem os impostos que são obrigatórios.

Para sabermos os custos geralmente fazemos o cálculo do salário vezes 1.9 que é uma média de custo dos encargos.

Dessa maneira, se o desenvolvedor ganha R$ 6.000,00 o custo dele para você vai ser de R$ 11.400,00 (6.000* 1,9).

Powered by Rock Convert

Esse é um ponto delicado de qualquer contratação, muitas empresas estão optando pela contratação PJ. Assim é importante colocar na ponta do lápis, pois se a contratação tiver qualquer tipo de vínculo trabalhista você pode estar correndo sérios riscos jurídicos, sempre consulte um advogado.

Essa decisão de CLT ou PJ impacta bastante para definir quanto custa um programador.

Treinamento

Um dos custos mais ignorado é o custo do treinamento e capacitação, em média, um profissional demora pelo menos 3 meses para entender a sua função dentro da organização dependendo da complexidade das atividades a serem desenvolvidas.

Esse custo e tempo tem que ser levado em consideração na hora de contratação, pois traz um grande impacto no planejamento da empresa.

Não contar com esse tempo pode trazer frustração tanto para quem contratou quanto para quem foi contratado.

Turnover e demissão

Existe uma pesquisa da Society for Humam Resource Management que diz que a substituição de um funcionário pode custar entre 10 a 24 salários.

Tudo isso pois a troca de um profissional pode causar problemas como produtividade da equipe, cultura da empresa e despesas excessivas.

Uma dica nesse caso é alinhar bem as expectativas e cultura da empresa na hora da contratação.

Afina, quanto custa um programador?

Como você pode ver, existem diversos fatores (localização, tipo de desenvolvimento e tipo de contratação são alguns deles) que influenciam no custo de um profissional de tecnologia.

Mas nenhum desses custos se compara ao custo de contratar um profissional que não tem fit com sua organização, então perca o tempo necessário para que você consiga filtrar corretamente esses desenvolvedores.

Se precisar de ajuda é só deixar nos comentários que vamos responder o mais rápido possível. Até a próxima 🙂

Sobre o Autor

mm

Gabriel Malinosqui

CEO da ez.devs.
Ama startups, empreendedorismo e tecnologia.

Entre com seus dados para a ligação.