Principais indicadores de recrutamento e seleção para talentos tech

Conheça os principais indicadores de recrutamento e seleção e entenda porque eles são tão importantes para a sua empresa.

imagem de um aperto de mãos entre duas pessoas, utilizada para representar a importância dos indicadores de recrutamento e seleção em tecnologia

Os processos de recrutamento e seleção são fundamentais para o bom desempenho de uma empresa, já que decidirão quais talentos de tecnologia farão parte do time. Por isso, é importante que eles sejam feitos de forma estratégica e que seus indicadores sejam analisados.

Este conteúdo se dedicará a uma parte específica das estratégias de recrutamento em tecnologia: os indicadores de recrutamento e seleção. Caso deseje saber mais sobre a importância de se ter um RH Estratégico na sua empresa, recomendo que leia este artigo aqui!

E vamos ao tema central do nosso artigo…

O que são indicadores de recrutamento e seleção?

Os indicadores de recrutamento e seleção são métricas capazes de avaliar a efetividade dos seus processos seletivos e identificar se há alguma parte a ser melhorada, tanto em benefício do candidato quanto da empresa.

São os indicadores que fornecem as informações necessárias para que os times de recrutamento avaliem o quanto um processo de contratação está sendo eficiente, assertivo e até mesmo diverso. Além disso, outros dados importantes, como a taxa de rotatividade e engajamento dos colaboradores, também podem ser obtidos através de análises dos principais indicadores de recrutamento e seleção.

De forma resumida, estes dados mostram aos gestores o quanto o time de recrutamento e seleção tem sido estratégico, oferecendo insights para a implementação de melhorias que podem tornar os processos de contratação mais assertivos.

Principais indicadores de recrutamento e seleção

Para te ajudar a identificar quais dados devem ser analisados em um time de recrutamento que deseja estruturar processos seletivos com uma taxa de assertividade mais elevada, listamos abaixo os oito principais indicadores de recrutamento e seleção utilizados por empresas quando se trata de contratações em tecnologia. Veja:

 1. Quantidade de candidatos

A quantidade de candidatos inscritos no processo de recrutamento e seleção é importante para aumentar a chance de se encontrar o candidato ideal para a vaga. Além disso, esse indicador permite analisar se a descrição da vaga foi bem feita, se os benefícios são interessantes e se a empresa tem uma boa reputação e também se a divulgação da vaga foi bem-sucedida, como veremos a seguir.

2. Efetividade dos canais de divulgação

É importante metrificar a quantidade de candidatos atraídos por cada canal utilizado na divulgação da vaga para entender, através do ROI, quais investimentos valem mais a pena. Assim, as decisões de investimento nos processos de recrutamento e seleção em cada canal podem ser mais embasadas.

3. Funil de contratação

Através do funil de contratação é possível visualizar se os candidatos estão desistindo do processo e em qual etapa desistem. Ao verificar onde está acontecendo o baixo engajamento, é possível pensar em estratégias para diminuí-lo e reter os talentos de tecnologia. Assim, apure se os candidatos estão desistindo da vaga ao preencher formulários com dados profissionais, ao realizar testes, entrevistas ou até mesmo ao receber a oferta de trabalho.

4. Tempo do recrutamento e seleção

Ter um tempo médio para fechamento de vaga permite organizar melhor o processo em si e a rotina do time, possibilitando maior produtividade. Caso esse tempo seja muito grande, pode gerar maior desistência por parte dos candidatos, aumentar o custo do processo de recrutamento e seleção e demandar muito tempo da equipe. Para identificar o tempo médio de contratação, divida o valor do tempo total dos processos de recrutamento e seleção pelo número de vagas preenchidas. 

5. Custo da contratação

Anúncio de vagas em redes sociais e sites de emprego, contratação de sistemas ou empresas especializadas, tempo gasto por recrutadores… Todos esses elementos envolvem custos nos processos de recrutamento e seleção. Por isso, esse indicador é fundamental na análise dos processos de sua empresa. Ao mensurar qual é o custo médio gasto para o fechamento de cada vaga, é possível identificar qual o padrão e evitar gastos excessivos. Também, caso seja necessário diminuir esse custo, é possível analisar em que elemento mais está se gastando. O cálculo pode ser feito ao dividir o total gasto pelo número de vagas preenchidas.

6. Cumprimento do prazo do recrutamento e seleção

Quando o prazo para fechamento de vaga é ultrapassado, provavelmente alguma etapa do processo teve algum empecilho. Assim, é importante identificar qual foi o motivo do atraso e averiguar o que pode ser feito para resolvê-lo.     

7. Turnover em contratações recentes

O turnover (rotatividade de funcionários) de recém contratados pode indicar que o candidato não tinha fit cultural com a empresa, que o serviço realizado não era de seu agrado (ou que o contratado não tinha qualificação o suficiente), que o salário não o agradava, entre outras possibilidades. Assim, o turnover pode ser um indicador de recrutamento e seleção pois pode mostrar que faltou alinhamento entre os envolvidos no processo.

8. Satisfação dos candidatos 

A satisfação dos candidatos do processo seletivo é importante para que o time saiba o que é possível fazer para tornar melhor essa experiência. Assim, é importante colher feedbacks, o que pode ser feito por uma conversa ou questionário, por exemplo, tanto dos candidatos que não foram selecionados quanto dos selecionados.

Os elementos que podem ser questionados são a atratividade da vaga, o tempo do processo, a clareza da oferta, os feedbacks fornecidos pela empresa, entre outros.

Considerando que existe uma alta demanda pelos talentos de tecnologia, é importante que eles estejam satisfeitos com as experiências que possuem com sua empresa. Assim, podem querer trabalhar nela futuramente e até mesmo a indicar para amigos.

Qual a importância dos indicadores de recrutamento e seleção?

 Os indicadores de recrutamento e seleção contribuem para uma visão mais nítida do que pode ser melhorado nos processos seletivos. 

Eles são tão importantes para as empresas, pois, prezar por realizar boas contratações é uma das chaves para obter sucesso no desenvolvimento dos projetos, tanto de uma startup, como de uma empresa de grande porte e você só consegue construir bons processos seletivos, quando identifica onde está errando atualmente. 

Os indicadores de recrutamento e seleção permitem que o time de recrutamento e os gestores, de maneira geral, poupem recursos financeiros destinados às contratações e ajudam a elaborar seleções mais rápidas, dinâmicas e agradáveis aos candidatos e, assim, consigam driblar a escassez de talentos e sair na frente das outras empresas que também estão tentando conquistar os mesmos candidatos que você. 

Ter um setor de RH estratégico se tornou algo primordial para quem deseja contratar e reter talentos de tecnologia na sua empresa e a melhor forma de começar a implementá-lo nos seus negócios é medindo seu desempenho baseado nos indicadores. 

Conclusão

Para garantir o sucesso nas contratações, é imprescindível analisar dados e repensar estratégias, algo que só é possível quando utilizamos os indicadores certos. 

Registrar as informações ajudará o seu time de RH nas tomadas de decisões diárias, embasando-se em estratégias, bem como a ter o controle de tudo o que acontece antes, durante e após os processos seletivos. 

Por isso, não os deixe de fora ao contratar talentos de tecnologia para sua empresa!

Fernanda
Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged.
Último artigo
Vaga de desenvolvedor front-end: o que saber para se candidatar?
Próximo artigo
Pessoa desenvolvedora back-end: conheça as principais skills