fbpx

Empresas do Vale do Silício: quais tecnologias elas utilizam?

A região do Vale do Silício, localizada no deserto da Califórnia, é conhecida no mundo todo por ser um polo de inovação que atuou como berço de diversas empresas de tecnologia.

Por ser o maior polo tecnológico e empresarial do país, com alto investimento em inovação, muitas empresas conhecidas no mundo todo se localizam lá, sejam as suas sedes ou filiais. Além das empresas que não nasceram no Vale do Silício, alguns negócios, principalmente startups, migraram para a região com grandes propósitos de inovação e se tornaram, assim, grandes empresas.

Além de ser o local onde grandes corporações se situam, o Vale do Silício, que começou a se desenvolver tecnologicamente pós segunda Guerra Mundial, é o local onde surgem as principais ideias de inovação em ciência, tecnologia e negócios dos Estados Unidos, o que faz com que diversos países ao redor do mundo sigam as tendências que surgem do sul da Baía de São Francisco.

Neste conteúdo, vamos falar sobre as principais tecnologias, principalmente linguagens e frameworks para o desenvolvimento de software, utilizadas por algumas das empresas do Vale do Silício. Ficou curioso? Continue a leitura para saber mais.

Inteligência artificial e Machine Learning

Antes de adentrarmos nas tecnologias específicas de cada empresa do Vale do Silício, existem recursos tecnológicos que estão sendo cada vez mais utilizados por estas corporações, como a Inteligência Artificial (IA) e os conceitos que permeiam o Machine Learning. 

A ideia de fazer com que as máquinas aprendam a pensar como os seres humanos e, assim, executar uma série de ações e tomar decisões baseadas nas informações dos usuários é aplicada das mais diversas formas. Desde as recomendações de filmes, séries e músicas por serviços de streaming como Netflix e Amazon, até os assistentes de voz mais conhecidos pelo mundo, Siri, Alexa e Cortana, a inteligência artificial e, principalmente o Machine e Deep Learning se fazem presentes. 

As empresas do Vale do Silício estão apostando alto na inovação dos seus produtos através da IA, um dos maiores exemplo disso atualmente é a criação do Metaverso, um projeto grandioso desenvolvido pelo antigo Facebook, empresa que agora recebe o nome Meta (dando todo o sentido para o universo em criação).

Desde a Meta até o próprio Google, as grandes corporações da Terra do Tio Sam mostram ao mundo todo que inteligência e aprendizado de máquina são recursos indispensáveis para negócios que mudam o mundo. E é por isso que diversas empresas brasileiras também têm investido pesado nestas tecnologias.

Mas agora, vamos falar um pouco mais sobre o setor de desenvolvimento de softwares destas grandes empresas.

Facebook 

A rede social mais visitada no mundo reúne diversas tecnologias já conhecidas por programadores, como a linguagem JavaScript, utilizada para a construção de todo o front-end da aplicação. Enquanto isso, o back-end conta com uma linguagem própria do Facebook, a Hack, criada para suprir algumas necessidades encontradas quando o site ainda utilizava PHP como linguagem. 

A Hack é uma tecnologia que mantém as características da PHP, mas funciona de forma otimizada, já que inclui também as melhores características de outras linguagens de programação existentes. 

Quando se trata de frameworks, os nomes que ficam em evidência no desenvolvimento do Facebook são: React, React Native e Draft.js. 

Google

A gigante das buscas, uma das multinacionais mais marcantes dentre as empresas do Vale do Silício, o Google utiliza uma série de linguagens de programação, principalmente quando se trata de desenvolvimento back-end, como Python, C ++, C e Java. Já a programação front-end continua com a predominância do JavaScript, porém, de uma forma diferente: com o auxílio de um compilador denominado Google Closure. 

Além disso, em 2009 a empresa desenvolveu e lançou sua própria linguagem, denominada Go, como um software de código aberto e, é claro, ela também é utilizada pelos seus desenvolvedores.

Yahoo!

Uma das primeiras empresas do Vale do Silício e no mundo relacionadas à internet, acabou perdendo certo espaço para outras gigantes como o Google e o Bing e hoje já não é mais considerada o maior site de buscas do mundo, mas ela ainda possui grande relevância entre as gigantes nas quais estamos falando nesse conteúdo.

A tecnologia utilizada para o desenvolvimento front-end é… isso mesmo, JavaScript. O back-end  também é desenvolvido com JS e conta com o auxílio do PHP e de bancos de dados como MySQL e PostgreSQL.

Amazon

A multinacional de Jeff Bezzos, pioneira no comércio de livros pela internet e que agora entrega desde produtos de tecnologia até brinquedos e cosméticos, utiliza em sua programação front-end o JavaScript e aposta em Python, C#, C++ e Perl para o desenvolvimento back-end da aplicação.

A Amazon não se limitou apenas ao comércio digital e desenvolveu um software de computação em nuvem, o Amazon Web Services (AWS) que é utilizado por diversas empresas de tecnologia conhecidas no mundo todo, algumas delas inclusive estão situadas no Vale do Silício.

Netflix

Por fim, chegou a hora de falarmos sobre a queridinha das plataformas de streaming, que começou como uma empresa de locação de filmes via correio ao final da década de 1990. No entanto, após quase trinta anos, a empresa se tornou a maior provedora global de filmes e séries via streaming, inclusive com grandes produções próprias. 

Assim como todas as outras empresas do vale do silício que trouxemos neste artigo, a Netflix utiliza JavaScript no seu front-end e conta com Python e Node.js para o back-end. Além disso, ela é uma das empresas que utilizam a computação em nuvem da Amazon, o AWS, para suprir quase todas as suas necessidades de computação, como bancos de dados, transcodificação de vídeo, entre outros. 

Estas são as tecnologias utilizadas por algumas empresas do Vale do Silício. E para você que está buscando trabalhar com estas habilidades, recomendo que dê uma olhada no nosso ecossistema, clicando aqui. Garanto que não vai se arrepender!

Carreira Internacional: consiga a primeira oportunidade em tecnologia

A oportunidade da carreira internacional vem sendo cada vez mais almejada dentro do setor de tecnologia. Com o mercado totalmente aquecido e carente de profissionais, as oportunidades se tornam cada vez mais atrativas, tanto pela remuneração em moedas mais valorizadas no Brasil (principalmente o Dólar e o Euro), como pela experiência de estar em uma empresa estrangeira.

Se você é uma das pessoas que sonha com uma oportunidade internacional e já está pesquisando sobre o assunto, veio ao lugar certo, pois aqui no blog da EZ já abordamos este assunto por diversas vezes. 

Mostramos aos talentos de tecnologia quais são as vantagens de trilhar uma carreira internacional e como você pode fazer isso sem nem precisar sair de casa, trouxemos dicas do que você precisa fazer para conquistar oportunidades internacionais e, no último artigo sobre oportunidades no exterior contamos o que as empresas de outros países estão buscando nos perfis profissionais. 

Para conferir os conteúdos na íntegra e tirar todas as sua dúvidas a respeito do tema, basta clicar abaixo:

E para trazer ainda mais informações sobre este assunto, neste conteúdo vamos te contar o que você precisa saber para conseguir a primeira oportunidade para atuar como talento de tecnologia no mercado exterior. Para conferir, basta seguir com a leitura!

Como ser encontrado e reconhecido?

Apesar da alta demanda por talentos de tecnologia, quando você está inserido num meio com tantos profissionais capacitados no mercado, pode surgir a dúvida de como se mostrar disponível para tais oportunidades ou até um pensamento impostor de que dificilmente você será encontrado pela empresa estrangeira dos sonhos. 

Mas pode ficar tranquilo, pois para se destacar e ser encontrado por empresas internacionais basta investir em ferramentas relativamente simples e que você provavelmente já utiliza: o LinkedIn e o GitHub. 

Isso porque, com a alta procura por pessoas desenvolvedoras, as empresas realizam buscas ativas de acordo com o perfil que estão procurando para preencher determinada vaga (e é exatamente por isso que você recebe um caminhão de mensagens de tech recruiters a cada dia). Portanto, passe a utilizar isso ao seu favor e, futuramente, terá grandes chances de receber propostas internacionais. 

Aqui nos insights da EZ, já mostramos como você deve utilizar o algoritmo do LinkedIn para ter o perfil encontrado na rede. Tudo está neste artigo aqui e vale a pena dar uma olhada! Mas, quando se trata de oportunidades internacionais, vale a pena adicionar outras estratégias nesta lista, como criar uma segunda versão do seu perfil em um idioma secundário (de preferência o Inglês) e também especificar que você está aberto ou aberta a novas oportunidades de emprego.

Quando se trata do GitHub, a ideia é investir em dar destaque aos seus melhores códigos e projetos nos quais trabalhou, construindo boas documentações e README’s, já que é neste ponto onde os recrutadores estão mais atentos, afinal, eles ainda não conhecem o seu trabalho. 

Como é o trabalho em uma carreira internacional?

Por último, mas não menos importante, é preciso saber como será o seu trabalho no exterior. Existem diversas formas de trilhar uma carreira internacional, que variam de acordo com o seu estilo de vida e, é claro, o seu plano de carreira, então é preciso decidir com muita atenção como você atuará enquanto uma pessoa desenvolvedora no exterior.

Dentre as opções de trabalho, encontramos desde as mais tradicionais, onde você se muda para o país em que deseja trabalhar e a partir daí precisa arcar com todos os custos e burocracias envolvidas no processo de uma migração legal. Neste caso, existem muitas empresas que arcam com os custos relacionados à mudança, desde o visto até a moradia e estabilização do profissional e também das famílias. 

Mas a gente sabe que mesmo com a empresa arcando com os custos, este processo não é fácil. Além de todas as barreiras burocráticas, viver em uma cultura totalmente diferente precisa ser algo muito bem idealizado e estudado e é neste momento que muitos sonhos são adiados e se tornam cada vez mais distantes. 

Daria até pra tentar algum tipo de freela para uma empresa internacional, mas nós sabemos que nem de longe é o mesmo que fazer parte de algo maior e mais concreto. Mas, e se eu te disser que você pode viver a experiência de uma carreira internacional em boas empresas sem nem precisar sair de casa? 

Parece que agora tudo se torna mais interessante e palpável, não é? E isso é algo que só o trabalho remoto proporciona! Vou te explicar melhor…

Um ecossistema que conecta o mundo todo

É fato que o trabalho remoto, intensificado principalmente por causa da pandemia, trouxe diversas possibilidades de inovação tanto para as empresas como para os talentos, e uma delas foi a de encurtar as distâncias entre talentos e empresas de todos os cantos do mundo. 

O trabalho remoto te dá a possibilidade de trabalhar para uma empresa estrangeira, ser remunerado em dólar ou outras moedas bem valorizadas e alavancar a sua carreira internacional sem precisar se deslocar para outros países. 

Mas, para fazer isso da melhor forma, o Gabriel Malinosqui, CEO da EZ.devs indica que, na hora de buscar vagas internacionais, é ideal procurar por empresas que já possuem uma cultura remote-first do mundo todo. O motivo é que muitas empresas acabam considerando desenvolvedores da América Latina como exceção, mantendo praticamente o time todo no país de origem. 

Isso faz muita diferença no dia a dia, afinal, empresas que não estão “acostumadas” com desenvolvedores do Brasil vão ter mais dificuldade de se adaptarem a sua cultura.  Além do que, você vai ser a única pessoa que vai estar fora do time-zone da empresa, dificultando ainda mais a adaptação.

E com isso nós podemos te ajudar! Através do ecossistema EZ, você passará por um único processo seletivo e pode ser alocado em diversas oportunidades ao redor do mundo que estão realmente alinhadas com aquilo que você almeja para a sua carreira. 

Agora que você já sabe de tudo o que é necessário para conseguir a sua primeira oportunidade em tecnologia no exterior, o que acha de dar o primeiro passo nessa nova jornada junto com a EZ.devs? Para isso, basta se cadastrar na nossa plataforma e, assim, ser conectado a startups e scale-ups que estão transformando o mundo.

Carreira internacional: skills buscadas por empresas do exterior

O sonho de trilhar uma carreira profissional no exterior está cada vez mais próximo daqueles que atuam no mercado de tecnologia. Empresas estrangeiras estão buscando incessantemente por talentos e a demanda é tão grande que os profissionais nativos não conseguem superá-la. E assim, abrem-se as portas para que brasileiros realizem o desejo de uma carreira internacional.

Esta não é a primeira vez que falamos sobre isso aqui no blog da EZ, e nem será a última. Isso porque as empresas estrangeiras estão ultrapassando as fronteiras geográficas e garantindo aos profissionais a oportunidade de fazer parte de negócios internacionais de onde quer que você esteja no mundo. 

Confira aqui 5 dicas para ser empregado no exterior!

Investir em uma carreira internacional em tecnologia tem inúmeras vantagens, que vão muito além da amplitude de mercado. No entanto, é necessário estar muito bem preparado para este desafio, pois muitos processos seletivos acontecem de modo diferente do que estamos acostumados no Brasil.

O contraste entre o recrutamento nacional e o internacional não se encontra apenas na estrutura dos processos, mas também na análise dos perfis profissionais. A avaliação dos candidatos acontece de forma diferente e, por exemplo, critérios que não são levados em consideração por recrutadores brasileiros, passam a ser imprescindíveis no exterior e vice-versa.

Neste conteúdo você entenderá um pouco mais sobre as principais habilidades buscadas por empresas no exterior quando se trata de contratar talentos de tecnologia brasileiros e, assim, pode se preparar melhor para as futuras oportunidades. Continue a leitura para saber mais!

Carreiras mais buscadas por empresas estrangeiras

Antes de adentrarmos nos pontos principais deste conteúdo, é válido entender quais perfis profissionais estão sendo mais requisitados por empresas estrangeiras. Assim, conhecendo as melhores oportunidades, você pode analisar e estruturar melhor todos os seus objetivos relacionados à carreira internacional. 

Grande parte das vagas, e oportunidades de modo geral, se concentram no setor de desenvolvimento de software, engenharia de dados e perfis de liderança, situação que se assemelha ao cenário brasileiro. 

Pessoas desenvolvedoras, web ou mobile e de todas as stacks (front-end, back-end e full-stack), têm grandes chances de sucesso quando se trata de oportunidades no exterior. Para além do desenvolvimento e engenharia de dados, quando se trata de times ágeis, as empresas também buscam profissionais que atuam na área de gestão de produtos e líderes de tecnologia (Tech Leads e CTO’s).

Quais habilidades para uma carreira internacional?

Partindo para o assunto principal deste artigo, vamos agora entender quais são as soft skills mais requisitadas por empresas internacionais quando se trata de profissionais de tecnologia.

Vale ressaltar que a maior parte das oportunidades fora do Brasil são direcionadas aos talentos de tecnologia de nível sênior, pois o nivelamento de experiências segue critérios diferentes daqueles que estamos acostumados no cenário nacional. Mas, isso não significa que profissionais de nível pleno não possam encontrar bons desafios de acordo com as suas habilidades.

Resolução de problemas, produtividade e proatividade

Uma das skills mais importantes para talentos que desejam ingressar em uma carreira internacional é a proatividade e autonomia para executar tarefas que demandam um maior desafio e para lidar com as mais situações problema que podem surgir no dia a dia. Quanto mais praticidade você tem para executar suas atividades e ainda assim garantir bons resultados, mais sucesso você obterá dentro da empresa. 

Há um tempo atrás, li um conteúdo sobre este assunto e o que me chamou atenção foi o fato de o autor abordar que o nosso “jeitinho brasileiro” só funciona aqui, com brasileiros mesmo, e que nas demais culturas isso não é visto com bons olhos. 

Portanto, não importa muito quantas horas você está trabalhando, mas sim o quanto você está sendo produtivo e realizando entregas de qualidade. 

Boa comunicação

Uma das principais barreiras que impedem muitos talentos de tentarem uma carreira internacional é o domínio de um segundo idioma. Mas, é preciso entender que se comunicar bem vai muito além de falar como um nativo. 

Empresas que expandiram as suas fronteiras já estão habituadas aos mais diversos sotaques, ou pelo menos já deveriam estar, e quase nunca exigirão uma certificação de fluência no idioma utilizado no dia a dia, principalmente o inglês. 

Quando se trata comunicação, o mais importante no dia a dia em uma empresa estrangeira é o quanto você consegue compreender e ser compreendido pela sua equipe e os demais colaboradores ou líderes. Com o tempo, você vai se habituando aos diferentes sotaques, vocabulários, entre outras especificidades.

Formação

Diferentemente do Brasil, que não exige uma graduação para atuar como profissional da tecnologia, no exterior o ensino superior tem uma grande importância no currículo. Você não precisa ser necessariamente formado na área de tecnologia, mas o fato de ter um conhecimento superior mostra que você valoriza a sua educação e se dedica para tal. 

E é claro que se profissionalizar na sua área de atuação em tecnologia é essencial. Por isso, invista em bons cursos e mantenha-se atualizado, afinal, o setor de tecnologia está em constante mudança e sempre aparecem inovações que impactam a sua carreira. 

Carreira internacional na EZ.devs

A EZ tem buscado expandir cada vez mais seus horizontes e, por isso, estamos trazendo empresas estrangeiras para o nosso ecossistema. Assim, através de um único processo seletivo, os talentos de tecnologia que fazem parte desta nave, contarão com a nossa ajuda para trilhar uma carreira internacional de acordo com os seus planos de carreira.

Agora que você já conhece mais sobre o que as empresas internacionais buscam nos profissionais de tecnologia. O que acha de dar o primeiro passo nessa nova jornada junto com a EZ.devs? Para isso, basta se cadastrar na nossa plataforma e, assim, ser conectado a startups e scale-ups que estão transformando o mundo.

Afinal, qual é a importância da tecnologia no crescimento empresarial?

Nos processos de gestão e nas estratégias de muitos negócios, a tecnologia tem proporcionado mudanças significativas. Seja para a automatização das etapas produtivas ou para a expansão de sua atuação no mercado, a importância da tecnologia no crescimento empresarial agrega valor e cria um diferencial competitivo.

Com a tecnologia cada vez mais presente nos negócios, o gestor passa a ter uma visão mais ampla da situação da empresa. Além disso, o investimento em inovação cria rotinas e procedimentos mais inteligentes, ou seja, de modo automatizado.

Bom, se você ainda está em dúvida sobre a importância da tecnologia no crescimento empresarial, continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

A importância da tecnologia no crescimento empresarial

A automação dos processos e a utilização de ferramentas e sistemas cada vez mais diferenciados têm estreitado o relacionamento entre pessoas e empresas, possibilitando uma verdadeira revolução na vida moderna. Entregar um produto e/ou serviço com qualidade e dentro do prazo não é uma tarefa fácil. Por isso, cada vez mais empresas passam a aderir à tecnologia para ajudar na organização. Por exemplo, muitos sistemas conseguem verificar em que etapas há erros e falhas na execução dos processos e implementar medidas preventivas e corretivas para não comprometer os resultados. Com a adoção da tecnologia nos processos produtivos, entre outros, é possível:

  • reduzir as falhas e o retrabalho;
  • fornecer respostas rápidas às demandas internas e externas;
  • desburocratizar os processos internos, simplificando o controle, a execução e a fiscalização;
  • otimizar o tempo, reduzir os custos e aumentar a produtividade.

No dia a dia das empresas, a tecnologia trouxe uma melhora substancial nos processos, facilitando a execução das tarefas e agregando maior segurança na realização das operações corporativas.

Os benefícios da tecnologia para os processos

Muito além de automatizar tarefas e processos operacionais, a importância da tecnologia no crescimento empresarial se revela como um importante instrumento de gestão.

Hoje em dia, os chamados softwares de gestão ERP (Enterprise Resource Planning) integram toda a empresa, independentemente do tamanho, porte ou segmento de atuação. Ou seja, todos os processos são inter-relacionados e gerenciados em uma única plataforma, de qualquer lugar e a qualquer hora, bastando apenas ter acesso à internet. Investir em tecnologia deixou de ser uma alternativa e passou a ser um item de grande necessidade.

Com a informatização dos órgãos fiscalizadores e a exigência de um número maior de informações em um menor prazo, isso passou a demandar maior rapidez e confiabilidade na prestação dos serviços por parte das empresas. Entre os principais benefícios que a adoção da tecnologia possibilita aos processos, podemos destacar os que seguem.

Aumento da agilidade

Os processos passam a ser realizados com maior rapidez, ou seja, é possível aumentar a capacidade produtiva sem comprometer os prazos e a qualidade. Além disso, há uma redução significativa da mão de obra e dos custos trabalhistas.

Padronização dos processos

A tecnologia permite que as formas como as tarefas são executadas sejam padronizadas, documentadas e controladas com maior eficiência, possibilitando a manutenção dos níveis de qualidade.

Redução de custos

Não há dúvidas de que a tecnologia “enxuga” ao máximo os custos incorridos nos processos, tanto de produção quanto administrativos. Isso possibilita um melhor planejamento dos recursos empregados e a eliminação de gastos desnecessários. Por sua vez, essa economia pode ser revertida em investimentos para atividades específicas e que resultem em uma maior receita para a empresa.

Além dos benefícios citados, maior segurança em todas as etapas do negócio, melhoria dos processos e tomadas de decisão mais eficientes também podem ser verificadas. A importância da tecnologia no crescimento empresarial representa um diferencial de mercado e a possibilidade de alcançar melhores resultados utilizando os recursos disponíveis de forma racional.

Então, gostou do conteúdo? Aproveite que está por aqui e continue aprimorando seus conhecimentos com este outro artigo sobre o que é MVP (Minimum Viable Product) e como utilizá-lo. Boa leitura!

Saiba por que sua empresa só tem a ganhar com uma equipe terceirizada

Você sabe quais são os principais benefícios que uma equipe terceirizada, dedicada, pode trazer para o seu negócio? O recente cenário econômico brasileiro vem exigindo grandes mudanças no quadro de funcionários das empresas, e a terceirização pode ser a solução para esse problema.

Existem diversos tipos de terceirização e de alocação de profissionais de tecnologia, como o outsourcing. O marketplace de talentos é um serviço relativamente recente, no Brasil, que surgiu como uma alternativa às terceirizações convencionais para suprir suas desvantagens e garantir um trabalho ainda mais personalizado.

Neste texto mostraremos algumas das vantagens de ter um time alocado, seja pela terceirização convencional ou pelo marketplace, integrado à sua estratégia corporativa. Vamos lá?

Foco no negócio principal da empresa

A terceirização de serviços permite que o gestor foque no core business e na sua estratégia corporativa. Isso é um fator importantíssimo para o sucesso de qualquer empreendimento, pois um profissional apto a tal feito é capaz de impulsionar o negócio para outro nível.

Assim, o empreendedor não precisa mais se preocupar com a gestão dos  profissionais de TI, podendo direcionar seus esforços para o aperfeiçoamento das atividades que são fundamentais para o bom desempenho da empresa.

Profissionais especializados

Uma empresa terceirizada, normalmente, tem alto critério de seleção e recrutamento de seus funcionários, principalmente do setor de tecnologia, já que se trata de uma área extremamente especializada. Isso possibilita a formação de um time de profissionais experientes, que dominam o know-how e apresentam alto nível de conhecimento técnico, além de perfil adequado à empresa contratante.

Assim, você, gestor, não precisará se preocupar, também, em saber se os profissionais que está contratando são realmente qualificados, o que reduz significativamente os custos do seu empreendimento, já que isso é de responsabilidade da empresa contratada.

Redução de custos e priorização de investimentos

Além da redução de custos com questões já abordadas, é possível economizar outros ônus empregatícios, como:

  • rescisões de contrato;
  • rotatividade de funcionários;
  • exames admissionais;
  • substituição de colaborador nas férias ou ausência devido a alguma enfermidade;
  • reajuste salarial;
  • benefícios, como plano de saúde, plano odontológico, vale-alimentação e vale-transporte.

Assim, há também maior previsibilidade de custos mensais, colaborando para o equilíbrio financeiro da empresa. Aliás, com a mão de obra mais qualificada, há aumento na produtividade — sem perda de qualidade devido a operações realizadas de maneira mais eficiente.

Se tanta redução nos gastos não for suficiente para convencer, ainda é possível utilizar esse montante economizado para investir na aquisição de novas tecnologias e em projetos que contribuam para o aperfeiçoamento das estratégias da organização. Isso favorece a vantagem competitiva, o que a coloca na frente da concorrência e, dessa forma, melhora a sua colocação no mercado.

Formação de parcerias construtivas

Outro benefício que a terceirização propicia é a possibilidade de estabelecer parcerias com as prestadoras de serviço. No entanto, é necessário cuidadosa análise do mercado para a escolha de uma empresa que, além de possuir ampla experiência no setor, deve apresentar valores e cultura aos da sua organização, para que esse laço possa agregar valor.

Lembre que “duas cabeças pensam melhor que uma”, mas é necessário que haja benefícios mútuos, onde “uma mão lava a outra”. Uma parceria em que apenas uma parte é beneficiada é uma parceria falha.

O que o Marketplace tem que o Outsourcing não tem?

Ainda que viáveis, os serviços de terceirização por outsourcing possuem algumas falhas em relação ao marketplace que podem influenciar sua decisão na hora de escolher qual destes dois serviços é o ideal para sua empresa. Abaixo, estão algumas vantagens do marketplace quando comparado ao outsourcing:

O tempo de contratação e alocação dos talentos é o mesmo e, muitas vezes, até mais ágil do que o outsourcing, já que ele segue o ritmo que o mercado exige. Aqui na Ez, por exemplo, você consegue ter os profissionais colaborando em até quatro semanas!

Com um marketplace, além dos processos de recrutamento e seleção da própria contratada, você também consegue avaliar se o profissional que está prestes a fazer parte do seu projeto realmente oferece aquilo que sua empresa busca.

Há também uma maior flexibilidade da corporação com o talento, já que ele se comporta como se fosse um colaborador normal e, além disso, você tem a possibilidade de internalizar esse profissional depois de um período acordado com a empresa prestadora dos serviços.

Estas são apenas algumas das vantagens se contar com a alocação de profissionais. Sendo assim, pesquise muito bem antes de contratar uma equipe terceirizada e investigue a reputação da prestadora.

O que você achou do conteúdo apresentado? Gostou? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!

Veja aqui maneiras inteligentes de obter vantagem competitiva

Você sabe como obter vantagem competitiva no seu negócio e sair na frente da concorrência? Existem diversas formas de sair na frente no mercado. Uma boa estratégia competitiva é oferecer produtos e serviços que são difíceis de ser copiados por outras empresas e, para isso, é necessário que sejam únicos, sustentáveis, aplicáveis em diversas situações, com preço acessível e de qualidade.

Não é uma tarefa simples e necessita de engajamento e planejamento. Mas não se preocupe porque, neste texto, vamos mostrar a você maneiras inteligentes de obter vantagem competitiva. Vamos lá?

Esteja bem localizado

Para se destacar das demais, é de fundamental importância que a empresa esteja localizada em local com boa visibilidade e acessível ao público-alvo. Além disso, é um grande diferencial para o negócio que a empresa se estabeleça em lugar com fácil acesso às vias de comunicação e transporte, pois isso facilita a movimentação dos funcionários e as operações de expedição de produtos e recebimento de matéria-prima, aumentando a eficiência do processo produtivo.

Conquiste o público por meio de bom design e logo

Sabe aquela expressão “a primeira impressão é a que fica”? Em muitos casos, isso é verídico. Assim, é muito importante planejar a identidade visual — tanto da sua marca quanto do seu produto — pensando nisso. Também não podemos esquecer que “um bom livro não pode ser julgado apenas pela capa”. O visual faz o cliente querer experimentar o seu produto ou serviço, mas são a qualidade e a boa usabilidade que o fazem voltar a comprar ou a indicar o item adquirido para outras pessoas. Isso, em conjunto com um designer marcante e atraente, é o que fará com que o seu produto seja lembrado.

Obtenha vantagem competitiva mediante preços acessíveis

Agora, que os clientes conseguem acesso à sua empresa facilmente e você tem um produto atraente e de boa qualidade, é hora de fechar com chave de ouro e disparar na frente da concorrência. Para isso, é necessário estabelecer o preço final do seu produto, de forma que o valor seja acessível para o público e esteja dentro dos limites impostos pelo mercado. Uma empresa que consegue produzir seu produto com qualidade superior e preço abaixo do de seus concorrentes terá grande vantagem competitiva. No entanto, é necessário aumentar a eficiência dos processos de maneira a reduzir os custos de produção. Outra tática interessante é usar artifícios como promoções, saldões e descontos. Tente fazer com que o cliente compre mais ou volte a comprar em outra oportunidade. Bons exemplos para isso são:

  • na venda de um item, ofereça desconto em outro;
  • disponibilize um cartão fidelidade pelo qual, após determinado número de compras, o cliente recebe algum benefício;
  • baixe o preço de produtos com pouco giro.

Invista em tecnologia

As empresas vêm utilizando cada vez mais a tecnologia, não apenas para aumentar a eficiência do processo, mas também para aumentar o grau de interação do usuário com os serviços e produtos oferecidos pelo negócio. Um bom investimento em tecnologia traz maior organização de todas as etapas produtivas do processo, desde a aquisição de matéria-prima até a entrega ao consumidor final. Isso faz com que o custo de produção seja menor, o que impacta diretamente no preço final do produto. E não para por aí. Há tecnologias focadas no relacionamento com o cliente, como softwares que possibilitam maior transparência das operações envolvidas na aquisição do produto. É possível, por exemplo, o acompanhamento de pedidos, a customização de itens e o orçamento on-line. Pronto! Agora é só você tirar as ideias do papel e colocar a mão na massa. Não se esqueça de contar com a tecnologia para auxiliá-lo em todas as etapas de desenvolvimento, lançamento e engajamento do seu projeto. Você curtiu este post sobre vantagem competitiva? Lembrou-se de outras estratégias para deixar a concorrência para trás? Então, deixe um comentário neste texto e compartilhe, com a gente e com os nossos demais leitores, a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!