fbpx

Traga seu time de tecnologia para o interior do estado

Negócios

Você ainda mantém seu time de tecnologia na capital? Com o crescimento das startups, a briga por talentos está cada vez mais acirrada.

Grandes empresas de tecnologia já fazem o movimento de se mudarem para o interior na busca por desenvolvedores.

Estudos apontam que o interior paulista alavanca o crescimento do país, e o melhor, a maioria das cidades também estão no topo do ranking de qualidade vida.

É claro que estar na capital tem inúmeras vantagens, não podemos diminuir o poder que tem a maior cidade da América do Sul. O objetivo desse post não é de maneira nenhuma diminuir a cidade de São Paulo.

Nesse artigo vou citar alguns motivos para você ver que estar no interior também tem seus benefícios, e pelo menos cogite trazer seu time de tecnologia para o interior de São Paulo.

Bauru/SP
Bauru conta com 8 faculdades de tecnologia, formando muitos talentos.

Lembrando que quando falo do interior, me refiro a cidades que já são desenvolvidas em tecnologia por conta de universidades, como por exemplo:

  • Bauru
  • São Carlos
  • Ribeirão Preto
  • Araraquara
  • Campinas
  • Sorocaba

Pontos positivos de ter seu time de tecnologia no interior

Qualidade de vida

Você já parou para pensar o que os seus profissionais podem fazer com o tempo que passam no trânsito em São Paulo?

Essas horas poderiam ser gastas em cursos, tempo com a família, saúde ou até mesmo trabalhando.

As Startups gastam rios de dinheiro para criar um ambiente que traga qualidade de vida para seus funcionários. No entanto, o que eles realmente querem é um equilíbrio entre vida pessoal e trabalho.

Dessa forma, no interior, não temos todo esse tempo de deslocamento, o que auxilia e muito na qualidade de vida. Em conjunto com uma política home-office, podemos criar uma cultura em que o profissional tenha tempo para afazeres pessoais. E portanto tenha muito mais ânimo para trabalhar, gerando mais resultado para a empresa.

Redução de custo

Por conta do alto custo de vida da capital, os salários tem de ser condizentes com a região e isso aumenta e muito os custos para uma empresa.

Enquanto São Paulo é por exemplo a 5ª cidade mais cara para se morar no Brasil, Bauru e Ribeirão Preto ocupam a 29ª e 38ª posição respectivamente.

Outro fator determinante, principalmente para a área de desenvolvimento é a concorrência.

Pelo fato de termos várias empresas atrativas na cidade, o apelo pelos profissionais aumenta e muito, criando uma espécie de leilão pelos melhores talentos. Como resultado disso, nesse ambiente é raro um profissional passar mais de 1 ano na mesma empresa.

Sendo assim, no interior, pelo fato de ser de certa forma ainda inexplorado, temos muitos talentos disponíveis para trabalhar.

Empresas qualificadas

Existem muitas empresas qualificadas no interior, desde startups até grandes empresas de tecnologia, como:

Powered by Rock Convert
  • Campinas: IFood, Quinto Andar, Movile e CI&T
  • São Carlos: Arquivei, Predify e ONOVOLAB
  • Ribeirão Preto: Beblue, iClinic e Guni
  • Bauru: New Way, Pagou Fácil, Sexlog e Loream

Dessa maneira, fica comprovado, que é possível crescer um negócio no interior.

Importante frisar aqui, que mesmo a operação dessas empresas estando no interior, o comercial sempre está em São Paulo.

Sendo assim, o melhor dos dois mundos é manter o time de desenvolvimento no interior e o time de novos negócios/vendas na capital.

Berço de talentos

Pelo fato de termos inúmeras faculdades no interior (UNESP, USP, UFSCAR e muitas outras), centenas de profissionais se formam todos os anos.

Assim conseguimos aproveitar muitos desenvolvedores, principalmente se partirmos para iniciativa de treiná-los o mais cedo possível.

ONOVOLAB São Carlos, excelente alternativa para montar seu time de tecnologia
Iniciativas como a do ONOVOLAB em São Carlos trazem excelentes oportunidades para empresas inovarem no interior.

Nem tudo são flores

Não existe bala de prata, também existem pontos negativos de se ter um time no interior. E como o objetivo dos nossos textos é sempre ser o mais transparente possível, vou apresentar algumas desvantagens.

Falta de comunidade estruturada

De todos os pontos negativos esse é o que mais incomoda, pessoalmente.

Faltam iniciativas centralizadas para se estruturar uma comunidade de desenvolvimento.

Faltam eventos, cursos, talks e tudo o que uma capital tem para fomentar um ecossistema de tecnologia e empreendedorismo.

Hoje estamos caminhando com algumas iniciativas (Sandwich Valley, DevTalks, Open Sanca e muitos outros) que certamente irão em médio e longo prazo criar uma comunidade de valor.

E para chegarmos lá, precisamos que as empresas apostem no interior e entendam os benefícios de ter uma economia descentralizada.

Dificuldade de gestão

O mais complicado de fazer uma transição dessas é mudar toda a sua gestão para o interior.

Manter a gestão de equipes em duas cidades não é uma tarefa fácil. Afinal a maioria dos negócios ainda ocorrem na capital, então se acostume em ter que ir para capital algumas vezes ou até mesmo em ter uma equipe de novos negócios lá.

Para facilitar isso existem alternativas como o Outsourcing, dessa maneira, você consegue deixar a gestão do time de tecnologia por conta da empresa contratada, se preocupando apenas com o time da capital, na sua cidade.

Embora ainda existam desafios, como os citados acima, os benefícios são inúmeros.

Agora que você conhece, o que acha de dar uma chance para o interior? Se precisar de ajuda, não deixe de me chamar. Vamos criar uma economia descentralizada, gerando valor para as empresas e com muita qualidade de vida.

Sobre o Autor

mm

Gabriel Malinosqui

CEO da ez.devs.
Ama startups, empreendedorismo e tecnologia.

Entre com seus dados para a ligação.