fbpx

Tipos de Startups: conheça nichos e tendências para os próximos anos

2020 foi um ano repleto de mudanças. Com a crise do Covid-19, hábitos de consumo, trabalho e lazer foram alterados. As pessoas ficaram mais em casa, deixaram de frequentar restaurantes e cinemas e muitos começaram a estudar, trabalhar e comprar remotamente. Com a pandemia, também apareceram novas oportunidades para startups, já que alguns nichos de mercado foram aquecidos e estão em crescente escala. Veja tendências e tipos de startups para os próximos anos:

FOODTECH

É um nicho de empreendimentos focados em soluções e inovações relacionadas à alimentação, seja em relação à venda e distribuição, monitoramento de qualidade de produção ou até mesmo a informação e orientação quanto a hábitos alimentares, valor nutricional de alimentos, dentre outros dados.

Um bom exemplo é o setor de delivery, já que aplicativos de entrega de comida como iFood e Rappi apresentaram crescimento de 103% durante o primeiro semestre de 2020. Outro exemplo é o de venda de produtos vegetarianos e veganos, afinal, já é possível perceber que grandes empresas de fast-food e até de produtos de proteína animal, como Sadia e Perdigão, vêm lançando produtos veganos e vegetarianos a fim de alcançar tal clientela, que hoje compõe 14% da população brasileira, conforme pesquisa publicada pelo G1 em 2018, e pode crescer ainda mais com inovações nesta ramificação de Foodtech.

– RETAILTECH

Retail é a palavra do inglês usada para definir varejo. E como o nome nos leva a entender, o nicho de Retailtech visa a trazer soluções para o mercado varejista, criando inovações na área do e-commerce, facilitando a venda de pequenos vendedores e o comércio de usados entre os consumidores com os marketplaces, por exemplo. Além disso, esses tipos de startups buscam repaginar até mesmo as experiências de consumo em espaços físicos. Uma das opções para investir neste nicho é o e-commerce de informática, categoria que teve um crescimento considerável em 2020. O valor médio de compra dos clientes aumentou 50% nas lojas on-line deste ramo, assim como seu faturamento, que cresceu 101% no segundo trimestre do ano passado.

FINTECH

Criadas com o intuito de facilitar a vida de usuários em suas atividades que envolvem dinheiro ou outros assuntos que envolvam finanças, estes tipos de startups vêm crescendo muito ao longo dos últimos anos e têm a tendência de assim continuar devido à boa experiência do cliente, que são conquistados pela velocidade, facilidade e qualidade dos serviços.

O Banco do Brasil, por exemplo, foi o primeiro banco da América Latina a implementar em seus serviços o Open Banking, uma das ramificações em que se pode investir neste ramo, trazendo aos usuários mais praticidade com a disponibilização de internet banking e aplicativos. Podemos falar também do PicPay, que trouxe mais possibilidades de transações financeiras entre seus usuários e até mesmo métodos de pagamento alternativos em lojas físicas, usando a tecnologia de QR Code e, assim, evitando contato físico. E, por fim, não poderíamos deixar de lado o Nubank, que no primeiro semestre de 2020 mais que duplicou seu número de clientes.

GAMES

A indústria de jogos eletrônicos está sempre em evolução, já que o desenvolvimento da tecnologia permite que se inove a cada vez mais em tal nicho. Além disso, o crescimento do mercado de games também impulsiona outros setores relacionados, como os de equipamentos de informática, periféricos e até mesmo o cenário de esportes eletrônicos.

Os jogos de celular, por exemplo, foram responsáveis por quase metade do faturamento total do mercado de games em 2020, somando R$402,5 bilhões dos R$851 bilhões totais. Sendo assim, não há dúvida quanto ao potencial dessa área dos jogos, que permite uma divulgação de produtos simples por meio das lojas de aplicativo como Google Play e App Store.

CONSTRUTECH

Com um crescimento de 8,4% na venda de apartamentos no ano de 2020, em meio a uma crise, o mercado imobiliário mostra certo potencial para o ano que se inicia. E o nicho de Construtech vem justamente para isso e muito mais: além de facilitarem as compras e vendas por meio da tecnologia, há inúmeras startups destinadas a simplificar o trabalho na construção civil, que criam materiais mais viáveis às obras e sistemas de gestão e manutenção de obras e até mesmo de reformas.

Estes são apenas alguns exemplos de muitos nichos com grande potencial para os próximos anos e é possível perceber quão presente a transformação digital está. Então, se for investir em uma startup, é muito importante prestar muita atenção nesse fator, assim como acompanhar as tendências, estudar muito sobre a área escolhida e suas perspectivas.

Públicações relacionadas

Como pivotar sua startup

Saber quando pivotar sua startup pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso do seu negócio. Empresas como Ler o artigo completo

Adeus métricas de vaidade: Conheça as boas métricas para produtos digitais

Você já baseou suas decisões em cima de métricas como quantidade de downloads, quantidade de visitas, quantidade de usuários ou Ler o artigo completo

Modelo de negócio: o que é e como criar um?

Você sabe me responder o que sua empresa oferece? Como ela entrega valor? Como ela ganha dinheiro? Ter essas respostas Ler o artigo completo

Veja todos os nossos artigos