fbpx

Você sabe o que é a tendência Venture Builders no Brasil?

Negócios

 

Se você ainda não escutou o termo Venture Builders Brasil, saiba que está na hora de se atualizar. Isso porque é uma tendência que vem crescendo e apresentando inúmeros benefícios, principalmente para empresas de tecnologia e startups.

Embora pareça uma palavra nova, é possível encontrar por aí outros termos que tratam do mesmo modelo de negócio, como estúdio ou fábrica de startups. Para você entender melhor sobre essa tendência Venture Buildersvejamos algumas informações importantes. Boa leitura!

Afinal, o que é Venture Builders Brasil?

O termo ainda é pouco conhecido pela maioria das pessoas, mas está chegando no Brasil com força e alavancando muitas ideias de negócio. De maneira simples, Venture Builders é um modelo de negócio que consiste em ter áreas consideradas essenciais para iniciar uma startup, porém de forma coletiva e compartilhada.

Venture Builders, ou também startup studio, funciona basicamente assim: ao invés de buscar uma startup já pronta, o investidor passa a procurar empreendedores para formar um time, que possam compartilhar recursos e proporcionar a troca de experiência.

A ideia é aumentar o aprendizado e reduzir custos desnecessários, buscando validar uma ideia rapidamente, ou seja, a filosofia do fail fast.

Qual é a influência nas empresas?

Nem todos os Venture Builders operam da mesma forma, já que cada negócio tem seu próprio objetivo de trabalhar. Mas aqui podemos citar algumas premissas importantes sobre essa tendência. Vejamos!

Foco em recursos humanos

Investidores passam a focar seus esforços em pessoas com perfil certo para empreender e ajudá-las a se desenvolver.

Perfis diferentes para etapas diferentes

Cada etapa do negócio passa a ser gerenciada por pessoas com perfis que se encaixam na sua área de experiência e habilidade.

No entanto, a tendência Venture Builders é um modelo “mão na massa”, em que todos podem colaborar e evitar que o empreendedor tenha que passar por um ciclo longo de aprendizado em disciplinas isoladas.

Destaque no problema

É normal que muitos modelos de negócio foquem em investir em novas ideias e deixar os problemas de lado. Mas, no Venture Builder, a ideia é tomar decisões mais rápidas de go ou no go.

Mais maturidade e experiência 

Se, ao longo da jornada, foi validado que a startup não gerará um negócio interessante, mas o empreendedor fez um bom trabalho, é possível continuar e iniciar um novo ciclo, com maior experiência e maturidade.

Quem trabalha com esse tipo de negócio não tem a pretensão de gerar rendimento de 1 bilhão de dólares, mas conseguir validar rapidamente um negócio que consiga sustentar-se futuramente.

Como a tendência Venture Builders está impactando o mundo dos negócios?

A ideia desse modelo empresarial é reunir áreas que possam ser consideradas essenciais para dar vida a uma startup de forma colaborativa.

Assim, enquanto uma parte da equipe cuida da pesquisa e do marketing, outra pensa no desenvolvimento, outra na estratégia, e, o mais importante, outra parte tem a função do núcleo executivo.

Esse grupo de empreendedores que se forma tem o objetivo de pesquisar o mercado e procurar ideias de negócios que possam dar retorno. Quando essa parte operacional está pronta, a Venture Builders contrata profissionais para tocar o dia a dia da recém-criada empresa.

A tendência da Venture Builders é tornar mais ágil o dia a dia das operações e a tomada de decisão, gerando novas oportunidades e compartilhando profissionais nas mais variadas áreas de conhecimento.

Agora que você já está por dentro dessa tendência Venture Builders Brasil, complemente sua leitura com outro conteúdo e saiba “Como escolher as metodologias de desenvolvimento de software”.

 

Sobre o Autor

mm

Gabriel Malinosqui

Apaixonado por empreendedorismo e tecnologia.
Atualmente atuo como CEO na ez.devs e ajudo a empresas construirem seus produtos digitais

Entre com seus dados para a ligação.